• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Recorde » Cão mais velho do mundo morre aos 30 anos, na Austrália Maggie, uma Kelpie Australiana, foi adotada ainda filhote

Diario de Pernambuco

Publicação: 20/04/2016 10:35 Atualização: 20/04/2016 11:58

Maggie foi enterrada em um túmulo marcado sob um pinheiro, na fazenda onde viveu Foto: The Guardian/Reprodução (Maggie foi enterrada em um túmulo marcado sob um pinheiro, na fazenda onde viveu Foto: The Guardian/Reprodução)
Maggie foi enterrada em um túmulo marcado sob um pinheiro, na fazenda onde viveu Foto: The Guardian/Reprodução

Um cachorro da raça Kelpie Australiano, considerado o cão mais velho do mundo, faleceu esta semana, numa fazenda na Austrália. Maggie, como se chamava a fêmea que foi adotada ainda filhote, tinha cerca de 30 anos.

Maggie recebeu atenção da mídia em novembro do ano passado, depois que seu dono, o fazendeiro Brian McLaren, afirmou que a Kelpie seria o cão mais velho do mundo. Os donos, no entando, não possuíam nenhuma documento de propriedade ou provas da idade de Maggie. Assim, o Livro dos Recordes reconheceu Bluey, um cão australiano que morrem em 1939 com 29 anos.

Maggie foi enterrada em um túmulo marcado sob um pinheiro, na fazenda onde viveu.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas