• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Superação » Após ter 75% do corpo queimado, cão entra para os Bombeiros nos EUA Abandonado no veterinário por seus antigos donos, Jake trabalha hoje ao lado do bombeiro que o salvou de incêndio

Correio Braziliense

Publicação: 08/03/2016 22:20 Atualização:

Jake trabalha hoje no Corpo de Bombeiros, auxiliando na detecção de incêndios. Foto: Facebook/Reprodução
Jake trabalha hoje no Corpo de Bombeiros, auxiliando na detecção de incêndios. Foto: Facebook/Reprodução
Jake é o personagem principal de uma história de superação. Após um incêndio em sua casa, ele teve 75% do corpo queimado. Não fosse o bastante, ele ainda foi abandonado por sua família durante o tratamento das lesões. Apesar de todas as dificuldades, ele conseguiu se recuperar e hoje trabalha junto com o homem que o salvou, no Corpo de Bombeiros de sua cidade. A trajetória fica ainda mais interessante por um detalhe: Jake é um cachorro.

O incêndio que feriu o cão aconteceu no ano passado, no estado norte-americano da Carolina do Sul. Jake foi salvo das chamas por um vizinho da casa, o bombeiro William Lindler, que sentiu o cheiro da fumaça e correu para o local. Depois do resgate, William levou o cachorro para o veterinário e avisou a família. Por causa do alto custo do tratamento, no entanto, os antigos donos optaram por abandonar o cão. Sensibilizado, o bombeiro decidiu, então, adotar Jake.

Recuperado das feridas causadas pelo incêndio, Jake trabalha hoje no Corpo de Bombeiros, auxiliando na detecção de incêndios. Além disso, em dezembro, ele foi nomeado oficialmente mascote da instituição. Sua página no Facebook já conta com mais de 13 mil seguidores.
Tags: jake bombeiro cao

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas