• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Parceria » Dono leva cão para todos as viagens e faz fotos incríveis do melhor amigo Kelly Lund leva o melhor amigo para todas as viagens e passeio que faz

Correio Braziliense

Publicação: 04/02/2016 07:23 Atualização:

Uma das preocupações de quem vai criar um animal de estimação é deixá-lo sozinho em casa - seja durante viagens, seja no horário de trabalho. O norte-americano Kelly Lund sempre se preocupou com isso e resolveu fazer diferente com Loki, seu melhor amigo. Ele leva o cachorro, que é uma mistura de husky, lobo do ártico e malamute, para todas as viagens que faz - montanhas, estações de esqui ou praias. E, para incentivar que outras pessoas o façam, criou um site em que publica todas as fotos das aventuras deles. 

“Quero que as pessoas explorem o mundo com seus cães ao lado e criem memórias juntos”, explicou Kelly. O norte-americano acredita que a maioria dos animais precisam se sentir livres e ter momentos de relaxamento, “talvez não como Loki, mas definitivamente não foram feitos para ficar trancados em casa”. Como não se considera uma pessoa “boa com as palavras”, decidiu utilizar a câmera fotográfica para alcançar o maior número de pessoas. 

Tudo começou durante uma nevasca em 2012, quando Kelly levou Loki para casa. Ele conta que embora tivesse experiência com cachorros grandes, foi diferente com o melhor amigo: “Em vez dele entrar no meu mundo, eu entrei no dele. Senti que deveria ‘escutá-lo’ e entender suas necessidades para que a relação desse certo”. O dono decidiu então que faria o máximo para nunca deixar Loki sozinho em casa quando fosse passear ou viajar. Começaram a fazer snowboard juntos desde quando o cão tinha quatro meses e, em seu 3º aniversário, o animal já havia conhecido quase todo o lado ocidental dos EUA. 

When @kristin.griffith snuck up behind me while I was doing that thing I always do.

Uma foto publicada por Kelly Lund (@shark_toof) em


Atualmente, Loki é um cão quieto e gentil, mas, segundo Kelly, uma chama reascende quando ele entra em contato com a natureza. “Um cão como Loki precisa de espaço e tempo para ser um pouco livre. Se eu não arranjasse tempo para que isso acontecesse, ele teria que fazê-lo fugindo do meu quintal”, justifica. 

Coordenador de recreação ao ar livre da cidade de Denver, Kelly sempre teve hobbies e paixões por atividades que não fossem dentro de academias ou estádios. De acordo com ele, Loki só o incentivou ainda mais a continuar com isso. Eles construíram inúmeras recordações juntos em montanhas, rios, praias e florestas: “Já viemos muitos pôr-do-sol juntos. Ao contrário do que pensam, Loki não vem buscar afeto. Eu sinto o amor dele nas pequenas coisas. Vejo os olhos brilharem a cada aventura. Eu só preciso dar-lhe a oportunidade”.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas