• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Amor » Casal adota gata com três patas para filha de 2 anos que perdeu um braço Menina teve o membro amputado em outubro de 2014, aos 10 meses, por ter sofrido um tipo raro de câncer

Publicação: 05/01/2016 08:36 Atualização:

 (Smiles for Scarlett/Facebook)

Sobrevivente de um tipo raro de câncer, que lhe fez perder um braço aos 10 meses de idade, a americana Scarlette Tipton, 2, ganhou um presente especial: uma gata com três patas. Os pais da menina, Matt e Simone Tipton, moradores de Trabuco Canyon, na Califórnia (EUA), adotaram o bicho de estimação para ajudar a filha na recuperação após a cura da doença.

Como parte de jornada contínua de Scarlette pela recuperação, o casal procurava apenas por um gato para a garota. O pai dela assistia o noticiário local pela televisão quando soube que Holly tinha sido resgatada pelo abrigo San Jacinto Valley Animal Campus, no último dia 17. O animal foi encontrado sangrando ao lado de arbustos por duas mulheres e recebeu cuidados imediatos, mas teve a pata direita amputada. Matt e Simone viajaram mais de duas horas de carro para buscar o presente da filha.

Scarlette e Holly se conheceram na véspera de Natal. Desde então, houve uma mudança: a gata agora é conhecida como "Doc", de acordo com a WTVD. A troca de nomes ocorreu por causa do personagem de desenho animado favorito de Scarlette, Doc Mcstuffins, que salva animais.

 (Smiles for Scarlett/Facebook)

"O nome foi mudado também porque tanto a gata como ela (Scarlette) tiveram bastante interação com os médicos", explicou Matt Tipton. "Ela é extremamente ativa e adora brincar com os brinquedos", contou o pai sobre Doc na página do Facebook Smiles For Scarlette.

Simone contou que quando a filha perdeu o braço, os médicos disseram que a menina teria dificuldade para engatinhar e ficar em pé. Mas, ela superou as limitações, e o mesmo ocorre com a gata de estimação. “Quando trouxemos a gata para casa, pensamos que ela teria dificuldade para pular. Mas, ela está saltando pela casa toda como se não tivesse nenhum problema”.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas