Notícias, Esporte, Pernambuco, Política, Tecnologia, Vídeos, Fotos, Mundo, Divirta-se

Diario de Pernambuco Assine o Diario Central de assinantes
Pernambuco.com

Recife, 23/AGO/2017

  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Roteiro » Seis novos pubs para dançar, beber e comer no Recife Chefs preparam pratos requintados com velhos conhecidos da noite da capital pernambucana, como caldinhos, hambúrgueres e espetinhos

Marina Simões - Diario de Pernambuco

Publicação: 04/08/2017 17:42 Atualização: 04/08/2017 18:45

O Gastrô mapeou pubs do Recife cujo cardápio permite ao cliente saborear a balada. Fotos: Larissa Valença/Ursa Comedoria/Janela Comunicação
O Gastrô mapeou pubs do Recife cujo cardápio permite ao cliente saborear a balada. Fotos: Larissa Valença/Ursa Comedoria/Janela Comunicação

A vida noturna recifense está com novidades que unem entretenimento e gastronomia. Seis novos points abriram este mês com propostas inovadoras e temáticas para incrementar as opções de lazer da capital pernambucana. A culinária de bar requer cardápio prático e simples, com petiscos que podem ser rapidamente consumidos e não demandam muita produção. Entre os mais conhecidos estão os caldinhos, espetinhos e as frituras - como bolinhos, coxinhas e pastéis - além de pratos para dividir, como o clássico filé com fritas ou a costelinha com barbecue. O desafio dos chefs da cidade é explorar as receitas já conhecidas, agregar sabor e transmitir o conceito dos estabelecimentos, para atrair o olhar do público. 

De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Pernambuco (Abrasel), André Araújo, o surgimento de novos estabelecimentos se dá pela mudança de comportamento do consumidor, que procura diversão mais próximo de casa. "Tem crescido o número de pubs em função dos hábitos de consumo das cervejas artesanais. Os empresários da cidade seguem as tendências dos Estados Unidos e da Europa, e parece ser uma fórmula de sucesso", analisa. Esses estabelecimentos são casas de menor porte, com ambientes mais aconchegantes e modelos de negócios que não precisam de grande circulação de clientes para se sustentar. Fica a cargo dos chefs de cozinha aguçar a curiosidade de um público exigente e explorar o conceito da harmonização de bebidas e comidas. 

Confira os novos estabelecimentos: 

Ramon Bar y Parrilla
(Avenida 17 de Agosto, 1778, Casa Forte)

O argentino Leonardo Escudero atendeu pedidos da clientela da Zona Norte e abriu filial em casarão na Avenida 17 de Agosto. Com mesma proposta da unidade de Boa Viagem, o espaço descontraído é voltado para as pizzas de massa crocante, especialidade da casa, e para o preparo de cortes de carne na parrilla (churrasco argentino). O cardápio ainda traz sanduíches, como o choripán (pão francês, toscana suína, cebola tomate e alface) e batata cordobesa (fritas com chimichurri e maionese de alho), e as tradicionais empanadas argentinas. O local tem salão interno climatizado e quintal de convivência com capacidade para 100 pessoas. A casa vai funcionar de quarta-feira a segunda. "Vamos aquecer a segunda-feira para aquelas pessoas que trabalham no fim de semana e costumam ficar sem opção de lazer", afirma o argentino. Telefone: 3036-6930.

Johnny Gastrobar
(Av. Dezessete de Agosto, 823, Casa Forte)

Uma das opções é o Hambúrguer do Johnny (hambúrguer de picanha com bacon, queijo muçarela derretido sobre pão empanado e recheado com cheedar, R$ 28,90). Foto: Janela Comunicação /Divulgação
Uma das opções é o Hambúrguer do Johnny (hambúrguer de picanha com bacon, queijo muçarela derretido sobre pão empanado e recheado com cheedar, R$ 28,90). Foto: Janela Comunicação /Divulgação


Espaço intimista com música ambiente oferece cardápio de petiscos com proposta gourmet e bebidas premium. "Colocamos pratos que já têm aceitação do público, mas com nova roupagem", explica a chef Marcella Souto. A especialidade é o Joelho de Porco no Barbecue (lascas de joelho marinado, cobertas com molho barbecue, acompanha farofa crocante de bacon, alho confit e chips de batata doce, R$ 38,90). O filé com fritas ganhou a versão Filezinho do Johnny (enroladinhos de filé recheados com queijo provolone, empanados em farinha crocante com batata frita e molho de mostarda e mel, R$ 32,90). Outra receita apetitosa é o Hambúrguer do Johnny (hambúrguer de picanha com bacon, coberto com queijo muçarela derretido sobre pão de hambúrguer empanado e recheado com creme de cheddar, R$ 28,90). Ainda há vasta carta de drinques internacionais como Mojito, Bloody Brain e Cranberry Gin n'Tonic e as cervejas Ekaut e Capunga. Fone: 3441-6403. 

Donovan's Irish Pub 
(Avenida 17 de agosto, 1706, em Casa Forte) 

Com conexão entre a Irlanda e Recife, o pub é o primeiro da cidade com o chope Guinness. Tem ambientação rústica, explorando a cultura irlandesa em cardápio com releitura de clássicos como o tradicional Fish and chips (isca de peixe empanada e fritas), o Potato salt & vinegar (fritas com sal e vinagre), o Cauliflower buffalo wings (couve-flor empanada com barbecue) e o Irish Stew Rec (ensopado de cordeiro). Haverá pratos com Guinness, como a costela de porco na cerveja. 

Ursa Bar e Comedoria
(Rua Carneiro Vilela, 30, Encruzilhada)

Tábua do Ursa Bar e Comedoria leva bolinhos,  brusqueta e conservas. Foto: Daniela Cano/Divulgação
Tábua do Ursa Bar e Comedoria leva bolinhos, brusqueta e conservas. Foto: Daniela Cano/Divulgação


A inspiração do chef Lucas Muniz para construir o cardápio do Ursa foi criar pratos para comer com as mãos e que remetem aos sabores familiares da culinária de bar. O couvert da casa é o Aquieta a boca (conservas e marinados, patês, molhos e pães, R$ 15). Ainda há a Tábua da Ursa (brusquetas, bolinhos, chips e molhos, marinados e conservas, R$ 45) e os bolinhos de chambaril no molho TexMex (R$ 18). “Proponho sair do lugar comum. O bolinho de chambaril, por exemplo, é uma releitura do sabor da carne de panela com outra textura", explica. As batatas fritas foram substituídas por um Mix de chips (batata inglesa, macaxeira, batata-doce e banana da terra, que acompanha dois molhos. O chef também explora a seção de bebidas: o Matahari (Gim, soda de pepino, sumo de limão cravo e pimenta do reino) e o Mojito de frutas vermelhas (rum, aroma de maçã verde, extrato de frutas vermelhas, hortelã e limão siciliano). O Ursa tem música de quinta a sábado, com happy hour na sexta-feira com um DJ convidado. Telefone: 3038-3916.

The Match Strike Pub 
(Avenida Domingos Ferreira, 1950, Boa Viagem)

Chef Miau Calda aposta em petiscos práticos para se comer enquanto joga boliche.  Foto: Miau Caldas/Divulgação
Chef Miau Calda aposta em petiscos práticos para se comer enquanto joga boliche. Foto: Miau Caldas/Divulgação


O espaço possui oito pistas de boliche, bar, sinuca e música ao vivo. O cardápio é inspirado na comida norte-americana para petiscar enquanto joga. A grande aposta da chef Miau Caldas é a coxinha recheada com galeto de padaria (galeto desfiado com muçarela, revestido em massa dourada e crocante, R$ 11), servida com catchup caseiro. "Quero que a pessoa sinta o sabor do galeto na primeira mordida. Só fica faltando a farofa e o vinagrete. A brincadeira é trazer petiscos modernos, o público aceita bem essas intervenções", acredita. O "prato de combate" é a batata frita com brisket desfiado e defumado, creme azedo, queijo fundido e cebolinho (R$ 19,90). Também há o Hot hot-dog (pão baguete, linguiça chilli de carne picante, queijo fundido e fritas, R$ 17,90) e o prático Finger chicken com quinoa (iscas de frango crocante empanado com quinoa com molho pesto e ervas, R$ 25,90). Telefone: 3132-6556.

Texas Ranch Bar
(Armazéns do Marco Zero, no Bairro do Recife)

No Texas, o cardápio da chef Luciana Lima dialoga com a comida regional. Foto: Larissa Valença/Divulgação
No Texas, o cardápio da chef Luciana Lima dialoga com a comida regional. Foto: Larissa Valença/Divulgação


Instalado no Armazéns do Porto, o pub explora a temática da música sertaneja com decoração e ambientação, mezanino e palco para shows. O cardápio da chef Luciana Lima dialoga com a comida regional, incluindo caldinhos, carne de sol com macaxeira frita, escondidinhos, arrumadinho e até bode. Um dos destaques é o Combinado Itaipava (carne de sol, frango, peixe e calabresa e molho da casa de abacaxi e pimenta biquinho). A chef quis provocar o paladar no Combinado do Litoral ao Sertão (filé de camarão com charque desfiada e molho catupiry) e na linguiça artesanal flambada na cachaça com farofa de banana. Todos os dias, no almoço e jantar. A programação musical é de quinta a domingo, sempre à noite e com uma dupla sertaneja. Telefone: 99665-7673.

Acompanhe o Viver no Facebook:

[VIDEO1]

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.









SIGA

Facebook

Google+

Twitter

Rss

[X Fechar]