• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cervejas especiais têm conquistado apreciadores no Recife. Confira receitas para combinar com a bebida Da loira à escura, bebida combina com vários pratos, da entrada à sobremesa

Katarina Bandeira

Publicação: 19/02/2016 15:33 Atualização: 19/02/2016 15:59

Bebidas podem ser encontradas em mais de 100 rótulos em todo o mundo. Fotos: Peu Ricardo/Esp. DP
Bebidas podem ser encontradas em mais de 100 rótulos em todo o mundo. Fotos: Peu Ricardo/Esp. DP

Com uma infinidade de sabores entre amargos, doces ou até cheios de especiarias, as cervejas premium ou especiais vêm ganhando adeptos no Recife. Os mais de 100 estilos diferentes da bebida despertam a curiosidade de novos apreciadores. Um estudo feito pela Agência de Inteligência de Mercado (Mintel), no ano passado, mostrou que no Brasil as cervejas fortes e premium tiveram um crescimento de 36% nos três anos anteriores a 2015.

Na capital pernambucana, a procura se reflete no aumento de locais especializados, além da demanda por receitas que harmonizam a gelada com pratos elaborados. O conceito é beber menos e apreciar mais. Para mostrar que é possível escolher a cerveja certa para degustar com uma boa refeição, o chef Renato Romariz e o empresário Newton César, do Mestre-Cervejeiro.com, separaram algumas sugestões de pratos nos quais é possível a harmonização com a bebida.

Para uma entrada suave, a dica é uma mistura de queijos (provolone, parmesão e muçarela) e camarões empanados, com dados de queijo coalho maçaricados em uma cama de geleia de pimenta. De acordo com Newton, o prato combina com cervejas leves, derivadas do tipo Lager.

Chef Renato Romariz dá dicas de combinações para entrada, prato principal e sobremesa
Chef Renato Romariz dá dicas de combinações para entrada, prato principal e sobremesa

Para os amantes de carne vermelha, o Lombo na cerveja preta, acompanhado de batatas rústicas, é uma opção para um almoço diferente no domingo (confira a receita no box). Por ser um prato mais pesado, pede cervejas do tipo Ale, fermentadas em temperaturas mais altas. Elas têm afinidade com alimentos grelhados ou assados. Quanto mais escura, mais forte o sabor e melhor a combinação.

E quem disse que não doce não vai bem com a bebida? Para um cheesecake de cassis, por exemplo, as fruit beers são as mais recomendadas. Por serem doces e de combinações variadas, as cervejas são ideais para consumir com sorvetes, chocolates e frutas e podem ser tomadas até com cubos de gelo, como refresco.

Estilos

São dois tipos de cerveja, Ale e Larger, a partir dos quais são formados dezenas de estilos. Um relatório feito pelo Sebrae em 2015 revelou alguns dos mais procurados pelos consumidores. Saiba mais sobre eles:

Ale
Fermentada em temperaturas mais altas. A fabricação é realizada desde medos de 1400. Por apresentar aromas e sabores mais complexos, combina com alimentos mais pesados.

Lager
Fermentada em temperaturas mais baixas, tem menos subtipos do que a Ale. Cervejas populares, como as Pilsen, pertencem à categoria,
que combina com pratos mais leves.

Indian Pale Ale (IPA)
Uma das mais populares encontradas nas lojas especializadas, a Ipa tem uma maior adição de lúpulo, ideal para a conservação no passado. A cor varia entre o dourado e o acobreado.

American Pale Ale (APA)
Mais amarga, foi desenvolvida nos Estados Unidos na década de 1980. Tem maior quantidade de lúpulo e é indicada para pratos mais apimentados, como burritos e pizzas de calabresa.

Stout
Originária da Irlanda, tem fermentação alta e maltes especiais. O sabor pode lembrar chocolate, café e malte torrado. É mais encorpada e escura e combina com churrascos.

Witbier
Desenvolvida na Bélgica, tem sabor mais cítrico pela presença de cascas de laranja, especiarias, sementes de coentro e até capim limão. Clara e turva, combina com frutos do mar e queijos brie, camembert e de cabra.

Pilsen
Vinda da República Tcheca, é a mais vendida no mundo e a mais consumida no Brasil. Criada em 1842, tem coloração mais clara, além do sabor suave.

Fruit Beer
Feita a base de frutas, lembra um pouco o sabor de refresco. Possui baixo teor alcoólico e é indicadas para harmonizar com sobremesas e doces variados.

Chef Renato Romariz
Chef Renato Romariz
Receita:

Lombo Paulista ao Molho de Cerveja Preta - Por Renato Romariz

Ingredientes
1 Lombo Paulista inteiro (aproximadamente dois quilos)
2 latas ou garrafas de cerveja preta
2 medidas de água (a mesma da cerveja)
6 colheres de sopa de creme de cebola (bem cheias)
1 latinha de molho de tomate concentrado
1/4 de xícara de chá de molho shoyo
Sal a gosto (pouco para não salgar)
Pimenta do reino a gosto
Alho a gosto
1 Cebola média picada
2 colheres de sopa de óleo ou azeite

Modo de preparo
Tempere o lombo com sal, cebola, alho picado, pimenta do reino e molho shoyo. Sele a carne em uma panela (de preferência de pressão), acrescente o molho de tomate, o creme de cebola dissolvido em um pouco de água e as cervejas pretas. Misture bem e rápido para não empelotar. Tampe a panela e deixe cozinhar por aproximadamente uma hora. Quando o lombo estiver cozido, corte em rodelas bem finas e cubra com o molho que ficou na panela.

Dica: Você pode intercalar fatias de carne e queijo tipo manteiga e cobrir com o molho. Não esqueça de servir quente.

SERVIÇO
Mestre-cervejeiro.com
Onde:R. Ribeiro de Brito, 830 - Boa Viagem
Horário: de terça a sexta, das 13h às 21h, sábado e domingo, das 10h às 6h.
Informações: 3132-0680

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas