tv Tatá Werneck diz que chegou a passar mal 40 vezes em um dia durante gravidez 'complicadinha'

Por: Folha Press

Publicado em: 10/06/2019 09:18 Atualizado em: 10/06/2019 10:59

Foto: Jorge Bispo/Divulgação
Foto: Jorge Bispo/Divulgação

A atriz Tatá Werneck, 35, anunciou a gravidez de sua primeira filha em março deste ano e, desde então, tem tido uma gestação bem diferente das mostradas nos filmes e livros. Atualmente no segundo trimestre, ela afirma que já está se acostumando aos enjoos. "Cheguei a passar mal 30, 40 vezes em um único dia", afirma. 

Werneck sofre de hiperêmese gravídica, mesma complicação que atingiu a duquesa de Cambridge, Kate Middleton, 37, e provoca náuseas intensas. Segundo a atriz, isso acarreta também a queda de imunidade, de pressão e muito cansaço. "Menos de 10% das mulheres têm isso, eu nunca imaginei que passaria tão mal", lamenta.

A atriz conta que o mal-estar começou antes mesmo de ela saber da gravidez, que não foi planejada. Na época,  Werneck estava gravando a série "Shippados", que estreou nesta sexta (7) na Globoplay, e acreditava estar cansada, estressada por conta do trabalho que às vezes a fazia gravar no meio da madrugada. 

"Quando estava com três meses [de gravidez], tive uns dias vomitando só pela manhã. Aí falei 'ótimo, agora vai melhor', até fui pra Angra [dos Reis], passei uns dias lá. Mas assim que retornei, voltou a ficar difícil de novo", conta ela, que descreveu sua gravidez como "complicadinha". 

Na sexta, quando falou com a reportagem, a atriz estava novamente saindo de um período de repouso, como já tinha tido que fazer outras vezes desde o início da gravidez. Ela também comemorava a primeira vez que sentiu o bebê mexer. "Esqueci todos os problemas na hora", afirmou ela, que diz chorar por tudo ultimamente. 

Com previsão para o parto acontecer entre 15 e 30 de outubro, Werneck diz não ter mais planos de manter suas atividades até o final da gestação, mesmo porque seu corpo já impõe limites e foca no bebê, diz ela. Com isso, as gravações de Lady Night devem durar mais duas ou três semanas, depois vem o trabalho de edição e, em seguida, descanso. 

Tatá tem contado um pouco da gravidez e dos perrengues que tem tido em suas redes sociais. Recentemente, contou que contou com ajuda de alguns convidados ao passar mal durante as gravações de seu talk show. Larissa Manoela por exemplo, ajudou a apresentadora e ganhou a função de escolher o nome do nenê de Tatá. 

O namorado da atriz, o ator Rafa Vitti, 23, contou à Folha há algumas semanas passada sobre a dificuldade que o casal está tendo para escolher o nome: "São duas pessoas escolhendo e mais mil dando pitaco", brincou ele, que está no ar como João Guerreiro, na novela "Verão 90" (Globo).


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas