Música Morre Serguei, o 'divino do rock', aos 85 anos

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 07/06/2019 13:19 Atualizado em:

Foto: Instagram/Reprodução
Foto: Instagram/Reprodução

O músico Seguei, conhecido como O Divino do Rock, morreu na manhã nesta sexta-feira (7), aos 85 anos, após complicações causadas por um quadro de desidratação, pneumonia e infecção urinária. O artista estava internado em um Hospital Regional do Médio Paraíba, em Volta Redonda, no Sul do Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro.

Em maio, o artista tinha dado entrada no hospital Nossa Senhora de Nazaré, no distrito de Bacaxá. Permaneceu lá por 22 dias, antes de ser transferido para o hospital de Volta Redonda em 29 de maio. De acordo com médicos em recente entrevista ao G1, ele também sofria de Alzheimer.

TRAJETÓRIA
Sérgio Augusto Bustamante nasceu em 8 de novembro de 1933. Filho de um executivo da International Business Machines, ele teve um amigo russo na infância que o chamava de Serguei. O apelido acabou pegando e serviu para seu nome artístico. Ele chegou a morar com a avó paterna em Nova York quando ainda era adolescente, participando de festivais estudantis.

Iniciou sua carreira na música nos Estados Unidos e chegou a presenciar o histórico Festival de Woodstock, em 1969. O cantor afirmava que fez amizade com a cantora Janis Joplin no final daquele ano. Ao deixar os EUA, encontrou uma casa em Saquarema, no Rio de Janeiro, e seguiu na música.

Em sua residência foi criado o Museu do Rock, administrado por Serguei e constituído de peças de roupas, discos, prêmios, cartazes, filmes e outros materiais sobre sua carreira. Conhecido como O Divino do Rock, lançou 11 discos durante a carreira e chegou a tocar no Rock in Rio II (1991) e Rock in Rio III (2011). Serguei continuou ativo na música até o final de 2018, tocando com sua banda Pandemonium.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas