Processo Filha de Stan Lee processa ex-empresário por suposto roubo e abuso contra seu pai

Por: FolhaPress - FolhaPress

Publicado em: 04/06/2019 23:02 Atualizado em:

Foto: Reprodução (Foto: Reprodução)
Foto: Reprodução
A filha do escritor Stan Lee, magnata da Marvel morto no ano passado, está processando um ex-empresário de seu pai sob acusação de ter roubado e abusado fisicamente do idoso, que morreu em novembro do ano passado aos 95 anos. A informação é do site americano TMZ.

Joan Celia Lee afirma que o empresário Max Anderson gerenciava as reservas do escritor e teria usado sua posição para fazer Lee assinar contratos e acordos mesmo quando ele não era mais capaz de entender ou mesmo enxergar os documentos, já que vinha sofrendo grave degeneração da visão. 

Ainda segundo o processo ao qual o TMZ teve acesso, Anderson chegou a "pressionar fisicamente" o criador de super-heróis como Homem-Aranha e Homem de Ferro, para que tivesse controle total de seus bens. Alguns desses episódios de violência teriam sido testemunhados por outras pessoas, como motoristas e seguranças de Lee. 

A filha do escritor diz ainda que, em 2017, o então empresário embolsou US$ 700 mil (cerca de R$ 2,7 mi) dos US$ 800 mil (R$ 3 mi) pagos a Lee por sua participação na Comic Con de Nova York, apesar de seu contrato prever o recebimento de 10% a 25% do valor. Ela também cita um evento no México em que Lee concedeu autógrafos até a exaustão e não recebeu nada por isso. 

Segundo Joan, os abusos contra seu pai aconteceram até março de 2018, quando ela o demitiu ao descobrir os desvios e agressões. Ela afirma suspeitar da participação de enfermeiras e outros funcionários do golpe aplicado conta o escritor. Ao todo, três pessoas são citadas no processo. Stan Lee morreu em novembro do ano passado. 
 
Em maio, um outro empresário de Stan Lee, Keya Morgan, chegou a ser preso sob suspeita de abuso, fraude, roubo e detenção ilegal do escritor. Ele e Anderson chegaram a trocar acusações no passado acusando um ao outro de abuso e roubou contra o artista.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas