cinema Novo filme de Quentin Tarantino disputará a Palma de Ouro em Cannes

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 02/05/2019 08:07 Atualizado em: 02/05/2019 09:56

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
O aguardado novo filme do diretor norte-americano Quentin Tarantino, "Era Uma Vez em Hollywood", foi incluído na mostra competitiva do Festival de Cinema de Cannes, anunciou nesta quinta-feira a organização do evento, após as dúvidas iniciais a respeito.

Os organizadores do Festival de Cannes adicionaram mais sete filmes ao programa da edição de 2019, mas nenhum deles na disputa pela Palma de Ouro. Entre os longas-metragens anunciados nesta quinta-feira estão "Lux Aeterna", do diretor franco-argentino Gaspar Noé, que será exibida na mostra "Sessão da Meia-Noite", "Chicuarotes", segundo filme dirigido pelo ator mexicano Gael García Bernal, e "La cordillera de los sueños", do veterano chileno Patricio Guzmán. 

O filme de Tarantino, que tem como protagonistas Brad Pitt e Leonardo DiCaprio, disputará a Palma de Ouro do Festival de Cannes, que começa em 14 de maio, com produções de cineastas consagrados como Pedro Almodovar, Ken Loach e Terrence Malick.

Um dos filmes mais esperados do ano, "Era Uma Vez em Hollywood", com duração de 2 horas e 45 minutos, recria a Los Angeles de 1969 sob o olhar de um ator de televisão e seu dublê. Nono longa-metragem de Tarantino, um nome frequente em Cannes, será exibido no festival 25 anos depois da Palma de Ouro concedida a "Pulp Fiction". 

"Temíamos que o filme não ficasse pronto", declarou o diretor do festival Thierry Fremaux, antes de afirmar que Tarantino concluiu o longa-metragem a tempo, depois de passar quatro meses trabalhando na montagem.

"O filme é uma carta de amor a Hollywood de sua infância, uma viagem musical a 1969, além de uma ode ao cinema em sua totalidade", completou Fremaux sobre a produção.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas