madrinha do samba Beth Carvalho morre aos 72 anos no Rio de janeiro

Por: Estado de Minas

Publicado em: 30/04/2019 18:20 Atualizado em: 30/04/2019 19:22

Foto: EMI/Divulgação
Foto: EMI/Divulgação

A cantora Beth Carvalho morreu nesta terça-feira (30), no Rio de Janeiro, aos 72 anos, segundo informações do jornal Extra.

 

Com um grave problema na coluna, que a obrigou a fazer seus últimos shows deitada num sofá, Beth estava internada havia dois meses. 

 

A informação da morte, de acordo com o Extra, foi confirmada pelo empresário Afonso Carvalho, que divulgou ao jornal carioca a seguinte nota: 

 

"Agradecemos todas as manifestações de carinho e solidariedade nesse momento. Beth deixa um legado inestimável para a música popular brasileira e sempre será lembrada por sua luta pela cultura e pelo povo brasileiro. Seu talento nos presenteou com a revelação de inúmeros compositores e artistas que estão aí na estrada do sucesso. Começando com o sucesso arrebatador de 'Andança', até chegar a Marte com 'Coisinha do Pai', Beth traçou uma trajetória vitoriosa laureada por vários prêmios, inclusive um Grammy pelo conjunto da obra. Assim que possível, informaremos sobre o sepultamento".

 

Grande voz do samba, Beth Carvalho se apresentou pela última vez em Belo Horizonte em outubro de 2018, quando conversou com o Estado de Minas sobre sua carreira e seu estado de saúde. 

 

A internação de Beth no hospital pró-cardíaco ocorreu no último dia 8 de janeiro. Duas semanas depois, um vídeo dela cantando em seu leito hospitalar, quando amigos improvisavam uma roda de samba, viralizou na internet. Veja aqui.

 

Em 2015, quando se apresentou na capital mineira com o show que comemorava seus 50 anos de carreira, Beth Carvalho contou ao Estado de Minas que teve o incentivo da família para seguir a carreira artística. Desde criança, ela gostava de cantar e dançar.  “Pensei em estudar pedagogia, mas acabei desistindo. Meu caminho era outro e não me arrependi”, afirmou.

 

Botafoguense de coração, ela tinha uma relação de afeto com o Atlético Mineiro, que lamentou a morte da cantora. 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas