Show Bombeiros falam em evacuação do Lollapalooza, mas fãs não querem deixar o local

Por: AE

Publicado em: 06/04/2019 15:46 Atualizado em:

Foto: AE
Foto: AE

São Paulo, 06 (AE) - Quarenta minutos depois de ter interrompido as apresentações, a produção do festival Lollapalooza Brasil ainda não se manifestou sobre a paralisação. Bombeiros ao redor do palco principal já mencionam a possibilidade de evacuação. 

Por enquanto, a orientação oficial é de se manter afastado das estruturas de metal, mas muitos fãs ainda estão ao redor de torres de caixa de som no gramado. A plateia que estava à frente do palco Ônix se recusava a atender aos apelos da produção. Um dos produtores falava ao microfone. "Pessoal, por favor, vocês precisam se afastar. É para o bem de vocês!" 

As pessoas, cerca de 500, continuavam na beira do palco apesar dos apelos. Os fãs esperavam pelo show de Silva e se recusavam a deixar suas posições. 

O alerta foi dado em Interlagos assim que técnicos identificaram a aproximação de fortes rajadas de vento. Os shows foram interrompidos e as pessoas eram avisadas a se afastar de estruturas metálicas que poderiam desabar. Até às 14h47 deste sábado, 6, os shows seguiam interrompidos.

Os bombeiros consultados pela reportagem disseram que aguardam orientação dos "gringos" (produção do festival). Os shows do rapper paulistano Rashid e da banda LANY no Lollapalooza 2019 foram interrompidos por causa da chuva no começo da tarde deste sábado, 6. As duas apresentações tinham acabado de começar, Rashid tinha tocado apenas duas canções.

A produção do evento avisou que, por questões de segurança, os shows teriam uma pausa, por conta de raios próximos ao Palco Budweiser, o principal do festival. "Se afastem das estruturas de metal", disse o produtor do Lollapalooza para o público.

Rashid era o primeiro rapper brasileiro a cantar nesta edição do Lollapalooza Brasil. BK e Gabriel o Pensador tocam no domingo.

Os shows devem ser retomados ao longo do dia.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas