música Marcelo Falcão estreia carreira solo no Recife

Por: Emannuel Bento - Diario de Pernambuco

Publicado em: 05/04/2019 08:56 Atualizado em:

Cantor se apresenta no Classic Hall, em noite com Nação Zumbi e Hungria. Foto: Rodolfo Magalhaes/ Divulgacao
Cantor se apresenta no Classic Hall, em noite com Nação Zumbi e Hungria. Foto: Rodolfo Magalhaes/ Divulgacao
Marcelo Falcão escolheu Pernambuco para estrear sua primeira turnê solo, feita para divulgar o repertório do álbum Viver (Mais leve que o ar). O show será amanhã, no Classic Hall, em Olinda, a partir das 21h, exatamente um ano depois que a banda O Rappa fez seu show de despedida no estado, antes de entrar em hiato por tempo indeterminado. Os pernambucanos da Nação Zumbi e o rapper brasiliense Hungria completam a programação.

No setlist, Falcão vai apresentar os clássicos d’O Rappa, além das faixas de seu novo projeto. Viver foi lançado nas plataformas de streaming na metade de fevereiro, com produção assinada por Falcão e Felipe Rodarte. O disco tenta resgatar a sonoridade que consagrou o vocalista, mesclando reggae, rock, pop e MPB, mas desta vez com um maior enfoque no reggae. O projeto traz o cantor como um cancioneiro de boas vibrações, que aborda a importância da positividade e da vitalidade, distanciando-se de críticas sociais que marcaram a trajetória com a banda.

Até o momento, ele já lançou singles como Viver, Eu quero ver o mar, Diz aí e Só por você. A atual banda que acompanha Falcão é composta por Bino Farias, do Cidade Negra (baixo), João Fera, parceiro do Paralamas do Sucesso (teclados), Hélio Ferinha (teclas), DJ Negralha, Marcos Suzano (percussão), Felipe Boquinha, d’O Rappa (bateria), Edésio Gomes, Eneas Pacifico e Vinicius de Souza (metais). 

“Todo mundo que está comigo agora queria muito estar comigo, esperaram muito tempo para isso”, disse o cantor, em entrevista ao Viver. “Eu só me sinto tranquilo e forte com uma banda boa ao meu lado. Eu não poderia estar mais feliz. Sempre sonhei em ter uma big band, que também estará comigo ao vivo e será muito mais violenta do que você escuta no disco!”, antecipa.

SERVIÇO
Turnê Viver (Mais leve que o ar)
Onde: Classic Hall (Av. Gov. Agamenon Magalhães, s/n, Salgadinho) 
Quando: amanhã, a partir das 21h 
Quanto: R (pista), R (meia), R (fronstage), R (meia), R$ 1.200(camarote para 10 pessoas no 3º piso), R.400 (camarote para 10 pessoas no 2º piso), R.600 (camarote para 10 pessoas, no 1º piso)


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas