luto Morre o músico André Previn aos 89 anos

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 01/03/2019 08:30 Atualizado em:

Foto: Arquivo/AFP
Foto: Arquivo/AFP
O regente e compositor André Previn, um virtuoso conhecido pelo domínio da música clássica e do jazz, morreu na quinta-feira (28) aos 89 anos.

O prolífico músico germano-americano, que ganhou quatro Oscars e dez Grammys, era famoso por seu amplo repertório como artista. Foi pianista de jazz, compositor de cinema, regente da Orquestra Sinfônica de Londres e da Filarmônica de Los Angeles. "Estamos muito entristecidos após tomar conhecimento da morte de nosso diretor emérito André Previn", reagiu a Orquestra Sinfônica de Londres em um comunicado. "Todos sentirão muita falta dele (...) e será lembrado com grande carinho (...) Tomara que sempre toque todas as notas corretas na ordem correta". 

Previn nasceu em Berlim em 6 de abril de 1929. Seu pai o inscreveu no conservatório de música da capital alemã aos seis anos, após perceber que o menino tinha ouvido absoluto. A família fugiu da Alemanha nazista em 1939 e se radicou em Los Angeles, onde o tio-avô de Previn era diretor musical dos estúdios de cinema Universal.

O jovem se tornou um talentoso pianista de jazz e começou a trabalhar nos estúdios MGM em 1946, enquanto estudava em um instituto educacional de ensino médio. Sua bem sucedida carreira de compositor de cinema o levou a ganhar quatro estatuetas da Academia, inclusive um em 1964 por My fair lady, protagonizada por Audrey Hepburn. Nos anos 1960, deixou os estudos de cinema para se dedicar à música clássica. Além de seu trabalho na Filarmônica de Los Angeles, dirigiu as orquestras sinfônicas de Houston e Pittsburgh, e foi frequentemente diretor convidado de conjuntos em todo o mundo.

Previn casou-se cinco vezes, uma delas com a atriz Mia Farrow, com quem teve três filhos biológicos. Também adotou outros três filhos com Farrow, inclusive Soon-Yi, que se casou em 1997 com o diretor de cinema americano Woody Allen, ex-marido da atriz. "Nos vemos pela manhã, querido amigo", tuitou Farrow, que publicou várias fotos de quando eram um casal. "Tomara que você descanse em gloriosas sinfonias". 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas