LUTO Morre o cantor e compositor Tavito Carvalho, aos 71 anos O musicista mineiro integrou o movimento Clube da Esquina , o grupo Som Imaginário, e teve canções gravadas por diversos artistas, entre eles, Elis Regina

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 26/02/2019 16:40 Atualizado em: 26/02/2019 16:43

Tavito tratava de um câncer no pescoço quando morreu em hospital de São Paulo. Foto: Roberto Soares-Gomes/Divulgação
Tavito tratava de um câncer no pescoço quando morreu em hospital de São Paulo. Foto: Roberto Soares-Gomes/Divulgação

Luís Otávio de Melo Carvalho, mais conhecido por Tavito Carvalho, morreu nesta terça-feira (26), aos 71 anos. O cantor e compositor tratava de um câncer no pescoço no Hospital Sancta Maggiore, em São Paulo.

O mineiro de Belo Horizonte fez parte do Clube da Esquina, ao lado de Milton Nascimento, Lô Borges e Beto Guedes. Ainda nos anos 1970, foi violonista da banda rock progressivo Som Imaginário. Ao todo, lançou seis álbuns solo. O último foi Mineiro, em 2014.

Ao lado de Zé Rodrix, compôs o clássico Casa no campo, imortalizado pela voz de Elis Regina. Foi gravado também por Erasmo Carlos, Zé Ramalho, Zizi Possi, Roupa Nova e Amelinha.

Ele ajudou escrever os versos de Coração verde amarelo: "Eu sei que vou com o coração batendo a mil/ É taça na raça, Brasil!", jingle desde a Copa do Mundo de 1994.

O velório do musicista será no Cemitério do Araça. Na quarta-feira (27), o corpo será cremado no cemitério Vila Alpina.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas