Música 'Deus disse que não estava na hora de parar', diz MC Loma, ao lançar nova aposta para o carnaval Em menos de um dia de lançamento, o clipe de Malévola ultrapassou 2,5 milhões de visualizações

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 25/02/2019 07:59 Atualizado em: 25/02/2019 08:06

Foto: YouTube/Reprodução
Foto: YouTube/Reprodução

Após meses afastadas dos holofotes, MC Loma e as Gêmeas Lacração lançaram uma aposta para o carnaval neste domingo (24), às 19h. A canção Malévola foi divulgada junto com um clipe no canal oficial do trio no Youtube. A direção geral do vídeo ficou por conta das pernambucanas ao lado de Victor Ferreira, da produtora audiovisual Infinity Filmes. Alguns aguardavam que a faixa tivesse uma sonoridade mais próxima do "passinho dos malokas", mas a produção musical assinada por DJ Dubai é um brega-funk tradicional. 

A letra faz referência à vilã da Disney: "Eu sou malévola, e posso te fazer pirar / Eu sou malévol, e posso te enfeitiçar". No vídeo, as meninas aparecem com roupas neons, dançando em frente a um "paredão de som" e outrora vestem os chifres característicos da personagem infantil. Paloma também fala os bordões consagrados desde Envolvimento, como "escama só de peixe" e "cebruthius". 

Durante a noite de lançamento, o termo "MC Loma" entrou para os "trendings topics" do Twitter no Brasil, competindo com temáticas como o Oscar. Com menos de 24h de lançamento, a publicação no YouTube já alcançou mais de 2,5 milhões de visualizações.
 
No Instagram, MC Loma e as gêmeas fizeram um relato conjunto para os fãs e seguidores. "Eu e as meninas queremos dizer a vocês que nesses últimos meses não foi nada fácil pra gente. Choramos, ficamos sem esperança, tristes e muitas noites angustiadas, mas Deus disse pra gente que ainda não tava na hora de parar e a gente acreditou. Ele disse mais,:que ainda temos muito pra mostrar pra vocês", diz um trecho.

"No final da escuridão tem sempre aquela luzinha então cabe a gente correr, lutar, se machucar no caminho... mas de maneira alguma parar na metade do caminho, e a gente não parou. Obrigada meu Deus por tudo", finaliza. Ainda impedidas de fazer shows ou dar entrevistas, as meninas aguardam a finalização de um processo na justiça para sair da produtora do funk paulista Start Music sem pagar multas rescisórias.

Confira o clipe:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas