prisão Jussie Smollett é preso acusado de forjar ataque O astro da série Empire, foi preso nesta quinta-feira, em Chicago, acusado de forjar o ataque racista e homofóbico que sofreu há três semanas

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 21/02/2019 15:10 Atualizado em: 21/02/2019 18:01

Foto: Justin Tallis/AFP
Foto: Justin Tallis/AFP

O ator Jussie Smollet, conhecido por interpretar o músico Jamal Lyon na série Empire, foi detido na manhã desta quinta-feira (21) em Chicago. Jussie é acusado de forjar o ataque racista que alegou ter sofrido três semanas atrás. A informação foi divulgada pela polícia da cidade americana por meio do Twitter. 

"Jussie Smollett é agora oficialmente classificado como suspeito na investigação criminal da Polícia de Chicago por registrar um boletim de ocorrência falso. Detetives estão apresentando provas para o júri do condado de Cook County”, publicou o porta-voz Anthony Guglielmi na rede social.

De acordo como o site TMZ, novas provas que colocam Smollet como mandante de um ataque fraudulento foram apresentadas ao júri do caso. Se as acusações forem confirmadas, o ator pode pegar até três anos de prisão por falso testemunho.

Entenda o caso

O ator de Empire registrou boletim de ocorrência na Delegacia de Chicago na terça-feira (29), alegando ter sido "brutalmente atacado" por dois homens durante a madrugada, em uma estação de metrô próximo à sua casa. O ator chegou a ser internado como duas fraturas na costela e alguns hematomas.

Segundo a ocorrência, além das agressões físicas, os dois homens teriam amarrado uma corda ao pescoço de Smollett e o encharcado com alvejante enquanto gritavam "Este é o país do MAGA", uma referência ao slogan de campanha do presidente Donald Trump.

O incidente foi tratado incialmente pela polícia como crime de ódio porque, segundo o site TMZ, cartas ameaçadoras com conteúdo racista e homofóbico teriam sido enviadas à Fox Studios ameaçando o ator algumas semanas antes do ataque. "Você vai morrer, viado negro", dizia uma das cartas.

Semanas depois, a polícia prendeu os irmãos Olabinjo e Abimbola Osundairo, que, para a surpresa dos envolvidos, trabalharam como figurantes da série Empire. Os irmãos foram soltos em seguida, pois não havia provas contundentes. "Graças a novas evidências, resultantes dos interrogatórios de hoje, os indivíduos questionados pela polícia no caso Empire foram soltos sem acusações e os detetives têm trabalho investigativo adicional para completar", disse o investigador Anthony Guglielmi.

Após a liberação dos irmãos, a Polícia de Chicago começou trabalhar com a hipótese de que Jussie teria pago os dois homens para forjar o ataque. Para os investigadores, ele estaria incomodado com o fato de a Fox não ter levado a sério as cartas com ameaças ou estaria com medo de ter seu personagem morto na série.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas