cultura Tuparetama promove oitavo aniversário do Balaio Cultural Evento que é um dos mais tradicionais difusores da cultura no Sertão reúne nesta edição frevo, forró e poesia

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 31/01/2019 19:58 Atualizado em: 31/01/2019 20:36

O violonista Pepysho Neto e o forrozeiro Galego do Pajeú são duas atrações do projeto que acontece amanhã à noite. Foto: Cortesia
O violonista Pepysho Neto e o forrozeiro Galego do Pajeú são duas atrações do projeto que acontece amanhã à noite. Foto: Cortesia

Quem estiver pelo Sertão do Pajeú e regiões vizinhas em busca de lazer e entretenimento para este final de semana, a cidade de Tuparetama, a 374 quilômetros do Recife, oferece uma programação cultural gratuita para todos os tipos de público. Neste sábado (2), acontece a edição do oitavo aniversário do Balaio Cultural, projeto iniciado em janeiro de 2011, que valoriza e promove a cultura sertaneja, artistas e talentos da região. As  apresentações terão início a partir das 20h, no Espaço Cultural da Academia das Cidades.

Para celebrar os oito anos do Balaio Cultural, a programação contará com a participação da Orquestra de Frevo Pajeú, Pepysho Neto e Walter Lages, Josimar Alves e Galego do Pajeú, dentre outros artistas e poetas. Além das apresentações musicais, acontecerá o lançamento do livro O Mundo Imundo das Drogas , do poeta Antônio Carneiro.

Idealizado por Fernando Marques, produtor cultural e atual secretário de Cultura do município, o evento, que acontece no primeiro sábado de cada mês, consolidou-se no calendário festivo-cultural do Pajeú e das regiões vizinhas do Moxotó e Cariri Paraibano, atraindo pessoas de diversos lugares.

"O Balaio é um ponto de resistência da cultura regional, onde os artistas têm um espaço para divulgação dos seus trabalhos", pontua Fernando Marques. O produtor afirma ainda que a realização do evento só é possível graças aos artistas, aos patrocinadores e a parceria firmada com a prefeitura de Tuparetama.

PERSEVERANÇA
"São oito anos de muita luta para que o Balaio seja realizado mensalmente. Graças à sensibilidade dos artistas, que recebem apenas uma ajuda de custo para se apresentar, o evento se tornou um sucesso no Sertão de Pernambuco", acentua o secretário de Cultura. "Nossos agradecimentos a Prefeitura de Tuparetama, que se tornou nossa principal parceira e aos diversos patrocinadores que ao longo desses anos ajudaram a fortalecer a 
cultura do nosso povo", emenda Marques.

O Balaio também tem sido palco para a revelação de novos talentos, a exemplo de Rafael Moura e do grupo Rimas em Canto, que por lá se apresentaram pela primeira vez ao público. Nomes como Maciel Melo, Flávio Leandro, Assissão, Irah Caldeira, Em Canto e Poesia, Bia Marinho e As Severinas, já se apresentaram nas edições anteriores. 

Serviço
8º aniversário do Balaio Cultural
Onde:Espaço Cultural da Academia das Cidades (Tuparetama, Sertão do Pajeú)
Quando: 02 de fevereiro, a partir das 20h
Quanto:Gratuito


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas