Luto Morre o fotógrafo pernambucano Cafi Artista ficou conhecido por ser o autor de mais de 300 capas de discos históricos da MPB

Publicado em: 01/01/2019 15:44 Atualizado em: 01/01/2019 15:47

FOTO: Facebook / Reprodução (FOTO: Facebook / Reprodução)
FOTO: Facebook / Reprodução
Faleceu na madrugada desta terça-feira (01), aos 68 anos, no Rio de Janeiro, o pernambucano Carlos da Silva Assunção Filho, mais conhecido como Cafi. Responsável por produzir mais de 300 capas de capas de discos da MPB, o fotógrafo e também artista plástico sofreu um infarto durante a virada de ano no Arpoador. Ele chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Miguel Couto, mas não resistiu.

Natural do Recife, o pernambucano se especializou em pintura e gravura na Escolinha de Arte do Brasil. Quando adolescente, logo após se mudar para o Rio, começou a pintar cenas do Nordeste. O gosto pela fotografia se deu após ele ganhar das irmãs uma câmera, a fim de fazer registros dos seus quadros. Entre os trabalhos realizados pelo pernambucano, destacam-se tanto artistas quanto grupos. Por exemplo, Alceu Valença, Jards Macalé, Sarah Vaughan, Chico Buarque, Milton Nascimento, entre outros. 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas