Livro Autoajuda lidera ranking dos livros mais vendidos no Brasil A Sutil Arte de Ligar o F*da-se, de Mark Mason, foi o best-seller nas livrarias brasileiras este ano

Por: AE

Publicado em: 24/12/2018 10:40 Atualizado em:

A obra diz de maneira direta que a vida é mais cheia de problemas do que de soluções. Foto: Intrínseca/Divulgação
A obra diz de maneira direta que a vida é mais cheia de problemas do que de soluções. Foto: Intrínseca/Divulgação

O ano ainda não terminou, mas a lista de livros mais vendidos no Brasil em 2018, feita pela Nielsen, deve permanecer como segue. A Sutil Arte de Ligar o F*da-se (Intrínseca), de Mark Mason, foi o best-seller nas livrarias brasileiras este ano.

A obra diz de maneira direta que a vida é mais cheia de problemas do que de soluções. Dividido em nove capítulos, o autor Mark Manson afirma que a felicidade plena não existe e fala sobre a pressão negativa que a perseguição do sucesso e da felicidade exercem sobre nós. O livro figurou durante o ano inteiro na lista de mais vendidos do New York Times.

Depois aparecem As Aventuras na Netoland Com Luccas Neto, de Luccas Neto (Nova Fronteira); O Milagre da Manhã, de Hal Elrod (Best-Seller); Álbum da Copa - Rússia 2018 (Panini); Seja Foda!, de Caio Carneiro (Buzz); O Poder da Ação: Faça sua Vida Ideal Sair do Papel, de Paulo Vieira (Gente), O Poder do Hábito, de Charles Duhigg (Objetiva); Sapiens - Uma Breve História da Humanidade, de Yuval Noah Harari (L&PM); O Poder da Autorresponsabilidade, de Paulo Vieira (Gente); e Propósito, de Sri Prem Baba (Sextante).

Apesar da crise das livrarias Cultura e Saraiva, as vendas, segundo a Nielsen, no fim das contas, devem ser levemente positivas.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas