Caboclinho Morre Jefferson Nagô, presidente da Tribo Carijós do Recife O sacerdote de apenas 29 anos exerceu um importante trabalho de defesa e militância da cultura popular do estado

Por: Samuel Calado - Redes Sociais

Publicado em: 17/12/2018 19:45 Atualizado em: 17/12/2018 20:54

Foto: Jan Ribeiro/Secult-PE
Foto: Jan Ribeiro/Secult-PE

O presidente da Tribo de Caboclinho Carijós, Jefferson Nagô,  líder espiritual do Centro Espírita Cigana Saray, faleceu às 14h45 desta segunda-feira (17), em decorrência de uma parada cardíaca, no Hospital de Boa Viagem. 

O sacerdote estava internado há quase um mês para cuidar de uma ferida em grande escala no pé. O irmão dele, Anderson Santos, presidente do Maracatu Encanto da Alegria, informou que já estava bem e falando tranquilamente. "Fomos visitá-lo e conversamos com ele, que estava brincando e sorridente. A alta estava prevista para esta terça-feira. Quando vimos foi a notícia de que ele havia piorado e falecido. Estamos abalados com a notícia. Ele ajudava muita gente. A ficha ainda não caiu", contou. 

Foto: WhatsApp/Cortesia
Foto: WhatsApp/Cortesia

A esposa dele, Jacicleide Silva, que esteve durante todo o período no hospital, disse que a maior preocupação do marido era que a Tribo de Caboclinho não acabasse. "Ele pediu para que eu continuasse e que nunca deixasse a tribo morrer. Eu ficava repreendendo pois queria o meu esposo sorridente e alegre como sempre foi ao meu lado", relatou. 

Foto: Jan Ribeiro/Secult-PE
Foto: Jan Ribeiro/Secult-PE

Jefferson foi um dos homenageados do carnaval do Recife em 2017. O homem de apenas 29 anos, exerceu um importante trabalho de defesa e militância da cultura popular do estado. Ele conseguiu reativar uma das tribos mais antigas do Brasil e elevá-la ao pódio de campeã. Seu rosto esteve estampado nas ruas e polos durante as festividade. Agora, estará guardado na lembrança e nos corações daqueles que o admiravam.  

Crédito: Nando Chiappetta/DP
Crédito: Nando Chiappetta/DP

O velório de Pai Jefferson está marcado para às 20h, no Centro Espírita Cigana Saray, localizado na Rua Coremas, bairro da Mangabeira, Zona Norte do Recife. O enterro será às 16h desta terça-feira (18), no Cemitério de Casa Amarela. 

Em nota, a secretária de Cultura do Recife, Leda Alves, lamentou a morte precoce de Jefferson Roberto Cosme dos Santos. "Foi uma perda muito grande. A gente não pode sequer sondar, muito menos entender os desígnios que levam a uma tragédia como essa. Só nos resta chorar e lamentar a falta enorme que ele fará, sem deixar de trabalhar e contribuir para que a casa possa se arrumar e o Carijós siga em frente, desfilando seus ideais", disse Leda Alves. 







Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas