dança Festival Florescer de Danças Árabes completa 10 anos com shows neste domingo Os espetáculos serão divididos em dois atos e apresentados no Teatro Valdemar de Oliveira

Publicado em: 24/11/2018 08:55 Atualizado em:

Entre os destaques, estão a Cia Veridiana Melo de Danças Árabes, a bailarina Ju Marconato e a profissional argentina Mariela Hárung. Foto: Simone Mahayla/Divulgação
Entre os destaques, estão a Cia Veridiana Melo de Danças Árabes, a bailarina Ju Marconato e a profissional argentina Mariela Hárung. Foto: Simone Mahayla/Divulgação
Realizado pelo décimo ano consecutivo, o Festival Florescer de Danças Árabes 2018 será realizado neste domingo com atrações nacionais e internacionais. Os espetáculos serão divididos em dois shows, às 14h e às 18h, e apresentados no palco do Teatro Valdemar de Oliveira (Rua Oswaldo Cruz, 412A - Boa Vista, Recife). Entre os destaques das mais de 40 apresentações, estão a Cia Veridiana Melo de Danças Árabes, do Recife, a bailarina Ju Marconato, de São Paulo, e a profissional argentina Mariela Hárung, em sua primeira vez no Brasil. 

Idealizado pela bailarina e produtora Simone Mahayla, o Festival Florescer está com os ingressos à venda por R$ 25 (mais 1kg de alimento), no Studio Simone Mahayla de Danças, localizado no Clube Português, e toda a arrecadação será doada para uma instituição carente e escolas parceiras. Neste ano, o evento vai abordar, em seu tema, os cinco elementos da natureza. 

“Nosso objetivo é dar visibilidade para a cultura árabe e divulgar o trabalho das escolas de dança que atuam nesse segmento”, conta Silvannir Jaques, uma das realizadoras do festival. “Incentivamos o quanto pode ser benéfica a prática desta que é uma arte milenar exercida, hoje, não só por mulheres, mas homens, crianças e jovens de todas as idades”, completa.

No Festival, as apresentações de grupos e solos serão divididas por blocos, de acordo com cada elemento da natureza: fogo, terra, ar, água e éter. O primeiro show, às 14h, terá 23 apresentações, e o segundo, às 18h, vai contar com 25 grupos. Para participar do evento, bailarinas solistas e equipes seguiram as regras de inscrição do edital divulgado anteriormente com o lançamento do evento.

Ao Viver, Silvannir conta que ao longo de 10 anos, muitas bailarinas se lançaram no mercado e hoje seguem carreira na área da dança. “Essa visibilidade para o seguimento árabe na capital pernambucana é importante para ampliar a economia, desde a entrada de novas alunas, até a criação de espaços para receber grandes nomes da dança no Recife”, explica. 

Fundada há 10 anos, no bairro da Macaxeira, em Casa Amarela, a Cia Veridiana Melo de Danças Árabes, uma das homenageadas desta edição, tem em sua equipe bailarinas dos níveis iniciante, intermediário, avançado, além de crianças e idosos. Para fomentar o crescimento na dança, o grupo oferece, para suas alunas, oficinas e workshops que ocorrem dentro e fora do espaço de dança.

Serviço
10º Festival Florescer de Danças Árabes
Quando: domingo, 14h e 18h
Onde: Teatro Valdemar de Oliveira (Rua Oswaldo Cruz, 412A - Boa Vista)
Quanto: R$ 25 + 1kg de alimento


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas