livro Sebastião Araújo lança Desamor: um nó para se desatar no Recife A obra baseada em textos escritos entre 2013 e 2015 traz um compilado de histórias que falam de feminicídio, relacionamentos abusivos, ilusões, desamor, morte e medo

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 13/11/2018 21:49 Atualizado em: 13/11/2018 22:14

Lançamento na Torre Malakoff recebeu amigos e personalidades. Foto: Nando Chiappetta/DP
Lançamento na Torre Malakoff recebeu amigos e personalidades. Foto: Nando Chiappetta/DP

O renomado jornalista Sebastião Araújo lançou nesta terça-feira (13), na Torre Malakoff, Bairro do Recife, a obra Desamor: um nó para se desatar. Construído com base em textos escritos pelo próprio comunicador entre os anos de 2013 e 2015, o livro é um compilado de histórias verídicas relacionadas a temas como feminicídio, relacionamentos abusivos, ilusões, desamor, morte e medo. Já lançado nas cidades de Triunfo e Afogados da Ingazeira, no Sertão pernambucano, o exemplar está sendo comercializado pelo valor promocional de R$ 30. 

Com mais de 40 anos de carreira e passagens como repórter especial e editor em grandes veículos de comunicação de Pernambuco, o escritor revelou que o projeto é a mais completa representação de superação e sobrevivência. “Num momento tão difícil como este que nós estamos vivendo com a cultura do ódio, a intolerância, o desrespeito de uma maneira geral com relação ao ser humano, estar aqui falando de desamor é acima de tudo uma superação e também uma forma de chamar atenção para que a população acorde e combata esses problemas que tem provocado este caos que estamos vivendo”, afirmou Sebá. 

Figura ilustre do jornalismo pernambucano, Sebá recebeu amigos, companheiros de trabalho e personalidades da sociedade pernambucana. O lançamento de Desamor contou com a presença de nomes como o presidente do Diario de Pernambuco, Alexandre Rands, o vice-presidente institucional (DP), Lauro Gusmão, a vice-presidente de conteúdo (DP), Brites Caminha, dos editores executivos (DP), Paula Losada e Vandeck Santiago, do time de repórteres e editores do Diario, Kauê Diniz, Rochelle Dantas, Rosália Vasconcelos, Aline Moura, André Clemente, Tatiana Pimentel e ainda da empresária Mária do Céu, a escritora, Aline Gomes e do colunista social, Joao Alberto. 

Para Aline Gomes, amiga do jornalista há mais de 30 anos, a estréia do livro é um marco para seus admiradores, principalmente por trazer temas conflitantes do cenário atual. “Ter em casa uma obra escrita por Sebastião é o mesmo que ter um tesouro. Nós que acompanhamos o trabalho dele sabemos da seriedade, da sensibilidade e do talento que ele tem para compor seus projetos, seja na área jornalística, literária ou qualquer outra. Fiz parte da história de Sebá, o acompanho a muito tempo e não poderia deixar de estar presente neste momento tão magnífico que é o lançamento de seu livro”, declarou a escritora. 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas