Cinema Sessões de filme sobre Freddie Mercury recebem vaias durante cenas homoafetivas O lançamento do filme Bohemian Rhapsody, que retrata a vida do vocalista da banda Queen, causou polêmica nas mídias sociais

Por: Estado de Minas

Publicado em: 08/11/2018 10:41 Atualizado em:

Cantor é interpretado por Rami Malek, conhecido por protagonizar Mr. Robot. Foto: Fox Film/Divulgação
Cantor é interpretado por Rami Malek, conhecido por protagonizar Mr. Robot. Foto: Fox Film/Divulgação

O lançamento do filme Bohemian Rhapsody, que retrata a vida do vocalista do Queen, Freddie Mercury, causou polêmica nas redes sociais. Desde que a obra chegou às salas de exibição, na quinta-feira (1), internautas publicam relatos de vaias ou reações preconceituosas por espectadores durante cenas de afeto homossexual. Outros usuários, no entanto, afirmam não terem presenciado qualquer resistência ao filme durante as sessões.

"Eu fui assistir e teve. Conheço várias pessoas que foram em vários cinemas diferentes onde também houve vaias", afirmou um internauta no Twitter. Os relatos citam ainda reações homofóbicas. "Eu assisti o filme, no meio da cena de um beijo, um cara falou para todos escutarem: 'que nojeira!'", disse outro. Um outro grupo de internautas, no entanto, disse não ter presenciado rejeição durante o filme. Segundo eles, as únicas reações entre os espectadores foram de aprovação. Alguns citaram aplausos e até coros de músicas do Queen. "Assisti ao filme Bohemian Rhapsody e não houve vaias. Foi lindo. Chorei, cantei e me emocionei muito", publicou uma espectadora.

Também foram publicadas postagens de crítica e apoio aos relatos de vaias e reações preconceituosas. "Ainda não entendi bem esse pessoal que vai ao cinema para ver o filme do Freddie Mercury e vaia as cenas gays. Não conheciam a história do cara e da banda?", disse um internauta. Já outro escreveu: "Isso é democracia, meu querido, é o direito de se manifestar…".

Confira as publicações:











Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas