Web Já ouviu música em 8D? Técnica permite sentir sons com o cérebro Novidade que conquistou a internet, ganha canais especializados com versões de hits de Beyoncé, Ariana Grande, Dua Lipa e Ed Sheeran

Publicado em: 23/10/2018 17:01 Atualizado em:

Versões de artistas conhecidos são transformadas em canais do YouTube. Foto: Reprodução/Facebook
Versões de artistas conhecidos são transformadas em canais do YouTube. Foto: Reprodução/Facebook

Só é possível perceber os efeitos da música 8D utilizando um fone de ouvido. A nova técnica conquistou a internet e ganhou canais no YouTube especialistas em transformar os hits do momento. Faixas de Beyoncé, Maroon 5, Ed Sheeran, Dua Lipa, Ariana Grande já aparecem na rede em versões modificadas. É um tipo de som difente, que parece vir de todas as direções. A sensação é que a música está circulando na cabeça.

Ainda que pareça uma técnica nova, a origem é datada nos anos 1980 e conhecida como ambisonic. Foi descoberta pelo argentino Hugo Zucareli, que demonstrou em sua pesquisa que os humanos não escutam de maneira linear, mas que localizam os sons em espaços com 360º. 

As músicas em 8D foram criadas para oferecer uma experiência envolvente, algo parecido com o que ocorre na realidade virtual. A técnica é amplamente utilizada para jogos de videogame. O efeito é conquistado ao manipular as ondas de som para que elas soem como se viessem de multiplas direções. Quando se produz o áudio, é possível construir uma música em movimento, para criar a impressão que o som se move ao redor do ouvinte.  

Ouça:











Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas