Música Emicida cria música para League of Legends Rapper foi atração da cerimônia de encerramento do Campeonato Brasileiro de League of Legends, em Porto Alegre

Por: Breno Pessoa

Publicado em: 08/09/2018 15:45 Atualizado em: 08/09/2018 15:54

Rapper é adepto de games e mostrou, em nova música, que também conhece bem os elementos de LoL. Foto: Riot Games/Divulgação
Rapper é adepto de games e mostrou, em nova música, que também conhece bem os elementos de LoL. Foto: Riot Games/Divulgação

Porto Alegre - A entrada do rapper Emicida no palco no do auditório Araújo Vianna, durante a cerimônia de encerramento do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) causou surpresa no público que acompanhava o evento. O músico foi a atração surpresa que antecedeu a partida final da competição, cuja decisão foi entre as equipes da Kabum! e Flamengo, na tarde deste sábado.

Confira a apresentação de Emicida na final do CBLoL 2017:


Gamer declarado e adepto de títulos como GTA, FIFA, Street Fighter e Super Mario, Emicida também tem se aventurado pelo League of Legends. A experiência no game on-line resultou na música Disseram que era só um joguinho, apresentada pela primeira vez na final do CBLoL.

Não é a primeira colaboração do rapper brasileiro no universo dos games. A faixa Levanta e anda fez parte da trilha sonora do FIFA 2015 e, a edição do jogo em 2019 terá um uniforme especial dedicado ao artista.

Veja, na íntegra, a letra da nova música de Emicida:

Disseram que era só um joguinho

No foco do que quero,
Tendeu neguim?
Vim lá do baixo clero
E num vim sozim
Em cada passo, prospero
Abro's camim

E eles disseram (o quê?!)
Que era só um joguim
Tô grande, rei do crime, saca? Wilson fisk
Carros fora do alcance tipo Elon Musk
Mato a festa do inimigo estilo grinch,
Surreal, David linch,
É igual sibéria, eu vim soltando os rusk (peks,peks)
quebrada vino, é cilada bino,
De espada o franzino, guarda, o fino do fino (uhul)

Senhor do meu destino mano, é lógico,
Sem fada, mas cada play dos menino é mitológico
É só um joguinho, eles disseram
Brincadeira, lero-lero, quis me prender na estaca zero!
É só um joguinho, eles disseram
Pra ser sincero e severo
O zé povinho, eu desconsidero
É só um joguinho, eles disseram
Hoje tão igual bobo, enquanto eu pelo globo, reverbero

É só um joguinho eles disseram, ok, é só um joguinho
Perae… É o novo padrão que indexo
Starto a missão, busco dragão, barão,
O chão traga os corpo, perplexo?
Solta o monstrão bolado, tô bravão solado
Sambando em campo minado,
Só pra testar meus reflexo
Marrudo igual 2pac jão, rajada de quack irmão

Tá safe, então, o gold anexo
Ninguém tá salvo, summoners rift é palco
Ajusto alvo e PEI! num campo circunflexo
Tankano as torre doidão, tô pelo time,
Essa união sublime encaixa o côncavo e o convexo
Aqui é favela, quer testar?
Tenta tio, tomar logo um pentakill - esfarelo seu nexo!

Dale dele dele doooly Vim dando engage, q degola, pistola
Enquanto o fogo engole.
Sem breque, boto pra rodar tipo ah lelek
Do pc, do mac, hashtag hoje tô mec
Problemático no rank ou no rinque
Fiz eles tomar tanto dano que os mano já pensa que é um drink

Porrada assim mano, nem no Killer instinct
Deixei tiltado esses coitado, até o dia seguinte
Semblante tipo beemo, da paz
Tô tipo teemo, cramunhão, eu ein deus é mais
Então respeita, (rexpeita) o nível do game play meu bom

Tá achando que tá na disney… hã - fon!
É só um joguinho, eles disseram
Brincadeira, lero-lero, quis me prender na estaca zero!
É só um joguinho, eles disseram
Pra ser sincero e severo

O zé povinho, eu desconsidero
É só um joguinho, eles disseram
Hoje tão igual bobo, enquanto eu pelo globo, reverbero
É só um joguinho eles disseram,
ok, é só um joguinho
Perae…

*O repórter viajou a  convite da Riot Games


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas