Música Após denúncia do Classic Hall, Justiça pede mudança de local do Bloquinho Casa de shows alega que evento na área externa iria obstruir saída de emergência. Em caso de descumprimento, multa será de R$ 500 mil

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 31/08/2018 19:01 Atualizado em: 31/08/2018 20:21



O show do cantor Lulu Santos, no Classic Hall, e a festa Bloquinho, com Durval Lelys e Saulo, na área externa do Centro de Convenções, marcados para o sábado (1º de setembro) provocaram impasse entre as produções dos eventos. O Ministério Público foi acionado para resolver o conflito de horários e a realização dos shows. A decisão judicial da 4ª Vara Cível da Comarca de Olinda determinou que a Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), que administra o Centro de Convenções, se abstenha de realizar show ou modifique a estrutura do evento. No caso de descumprimento, a produtora teria que arcar com multa no valor de R$ 500 mil. Procurada pelo Viver, a produção do Bloquinho informou que cumpriu todas as regras de segurança e irá comprovar judicialmente as condições legais para realização da festa, sem danos para o público. 

A casa de shows Classic Hall alega que a estrutura da festa montada na área externa do Centro de Convenções (Cecon) irá obstruir a saída de emergência e "poderá causar um desconforto aos presentes que irão ao show de Lulu Santos". 

Em nota, a Empetur informou que as festas estão marcadas para ocorrer em horários distintos e que "foram tomadas todas as providências para deixar as saídas de emergência da casa de shows totalmente livres e desobstruídas". 

Confira as notas oficiais:

NOTA OFICIAL 
O Classic Hall que sempre prezou pela segurança e qualidade na prestação dos seus serviços nesses 17 anos no mercado, vem por meio desta alertar e solicitar as devidas providencias aos órgãos públicos referente ao evento denominado “Bloquinho”, marcado para acontecer neste sábado (1), que será realizado na área externa do Centro de Convenções, colado ao muro traseiro da casa, no qual obstruirá a saída de emergência do local e também poderá causar um  desconforto aos presentes que irão ao show de Lulu Santos que acontecerá na mesma data.
O Ministério Público de Pernambuco, através da segunda promotoria do município de Olinda, instaurou um inquérito 01/2008, para apurar este tipo de transtorno que estava acontecendo há 10 anos. Em 2011, foi firmado um termo de ajustamento de conduta, entre o Ministério público, a EMPETUR, o Classic Hall e demais produtores de shows do estado regulamentando o uso da área de estacionamento do Centro de Convenções. O Classic Hall encaminhou um ofício à todos os órgãos competentes, como Bombeiros e Prefeitura de Olinda, tomando as medidas judiciais cabíveis. O Centro de Convenções junto com o Corpo de Bombeiros 

Empresa de Turismo de Pernambuco - Empetur
A Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, por meio da Empetur, informa que o Centro de Convenções de Pernambuco, por sua natureza, costuma abrigar diversos eventos simultâneos e que sua pauta é de cunho público, estando disponível no site www.cecon.pe.gov.br. O que houve em relação aos shows do “Bloquinho”, previsto para ocorrer na nossa área externa neste sábado (1º de setembro), e o de Lulu Santos, no Classic Hall, foi um lamentável choque de data, uma situação absolutamente incomum. Não haverá, contudo, conflito de horários, não comprometendo o bom andamento das apresentações. Lembramos que o estacionamento que serve à casa de shows é de responsabilidade do Cecon, uma vez que a mesma não dispõe de área para este fim, e asseguramos que, ao contrário do que foi informado, foram tomadas todas as providências para deixar as saídas de emergência da casa de shows totalmente livres e desobstruídas, conforme demonstra o mapa em anexo.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas