Agenda Show com André Rio, Luciano Magno e Roberto Menescal homenageia a bossa nova Artistas apresentam a turnê MPBossa - 60 Anos da Bossa Nova, nesta sexta-feira, no Clube Alemão

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 31/08/2018 11:11 Atualizado em: 31/08/2018 11:19

Após a apresentação, os artistas saem em turnê e levam o espetáculo para Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Foto: Fundarpe/Divulgação
Após a apresentação, os artistas saem em turnê e levam o espetáculo para Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Foto: Fundarpe/Divulgação

Os pernambucanos André Rio e Luciano Magno se juntam a Roberto Menescal, um dos representantes máximos da bossa nova, para o show MPBossa - 60 Anos da Bossa Nova, com apresentação única, às 20h de hoje, no Clube Alemão. O espetáculo foi lançado no último Festival de Inverno de Garanhuns, em julho, e presta homenagem aos dois gêneros musicais, com releituras de clássicos, reverenciando compositores como Tom Jobim, Vinicius de Moraes, João Gilberto, Carlos Lira e Marcos Vale, além de incluir faixas autorais do trio. O encontro rendeu um disco homônimo, composto por 16 faixas e disponível nas plataformas digitais.

A apresentação de hoje vai contar com participações de Nena Queiroga, Gustavo Agra e do Maestro Spok. “Nosso repertório é mergulhado no suprassumo da bossa nova, com os arranjos de Luciano Magno. O clima será de encontro de amigos e fazemos um show aberto, aceitando os pedidos do público”, adianta o cantor e compositor André Rio.

No repertório, estão canções como Chega de saudade e Garota de Ipanema, e ainda O barquinho, Bye bye, Brasil e Telefone, de autoria de Roberto Menescal. “Temos ainda uma melodia de Menescal que coloquei a letra, Samba Magno, e a resposta para ela, uma parceria minha com Luciano, em Frevo Menescal. Essas faixas mostram esse encontro entre o Rio de Janeiro e as pontes do Recife e norteiam a parte autoral do show”, conta Rio. No palco, eles são acompanhados pelos músicos Bráulio Araújo (baixo), Rostan Jr (bateria) e Thiago Albuquerque (teclado).

Após a apresentação, os artistas saem em turnê no Brasil e levam o espetáculo para Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. O cantor Ivan Gadelha será responsável pela abertura do show, com uma apresentação de músicas regionais, como frevo e forró. As mesas custam R$ 200 (sócios) e R$ 300 (não sócios), à venda na bilheteria do clube. Informações: 3441-0044.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas