Agenda Cineasta pernambucano ensina a fazer cinema com poucos recursos e câmera de celular A oficina será ministrada pelo cineasta, poeta e escritor Wilson Freire neste sábado, no Club 164

Publicado em: 23/08/2018 13:51 Atualizado em:

Imagem do curta Encruzilhada dos Trilhos, filmado pelo cineasta Wilson Freire. Foto: Divulgação
Imagem do curta Encruzilhada dos Trilhos, filmado pelo cineasta Wilson Freire. Foto: Divulgação

O cineasta, poeta e escritor Wilson Freire ministra oficina gratuita, neste sábado (25), no Club 164 (Estrada de Belém, 164, Campo Grande), ensinando como fazer cinema com poucos recursos. O artista tem inúmeros filmes e documentários, mas traz à tona a produção feita unicamente com smartphones e com grande parte dos incentivos vindos de doações online. 

De acordo com o cineasta, é possível construir material audiovisual com qualidade, fora dos meios tradicionais e dos altos custos. Prova disso são produções como Tangerine (2015), de Sean S. Baker e Charlote SP (2016), de Frank Mora, além da própria filmagem Encruzilhada dos Trilhos. 

O filme foi inspirado no poema do próprio autor, no itinerário de um trem, do livro Um espaço de Ausência, de 1981, onde ele arrecadou verba no site "vakinha" para filmar o curta usando apenas dispositivos móveis. Após a oficina, o Club 164 oferece show da cantora Rany, cantando Elza Soares. As inscrições podem ser feitas por telefone: 3040-6555.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas