Cinema Patteo Olinda inaugura novas salas VIPS de cinema Completo da rede no Shopping Patteo é formado por seis salas tradicionais e duas de luxo

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 10/08/2018 16:00 Atualizado em:

O acesso às salas VIPs é exclusivo, no andar acima da praça de alimentação. Foto: Thiago Medeiros/Divulgação
O acesso às salas VIPs é exclusivo, no andar acima da praça de alimentação. Foto: Thiago Medeiros/Divulgação


A rede Cinépolis inaugurou duas salas VIPs no Patteo Olinda Shopping, juntando-se a outras seis tradicionais do complexo de cinema recém-inaugurado no mall, situado no bairro de Casa Caiada. A estrutura das duas novas salas compreende 130 lugares, além de seis vagas para cadeirantes, telas com som e imagem com tecnologia 3D. Os espaços apresentam formato stadium (arquibancadas) e poltronas de couro reclináveis, comando elétrico e braço removível. 

O acesso às salas VIPs é exclusivo, no andar acima da praça de alimentação. O espaço possui bomboniere e cardápio amplo e diversificado, com pipocas temperadas, hotdog, hambúrguer, batata, crepes, bebidas alcoólicas, entre outros itens. Os espectadores também podem ser servidos em suas poltronas até o início da sessão. 

A Cinépolis, empresa com oito anos de atuação no mercado brasileiro, já possui 396 salas espalhadas pelo país. “Pegamos o boom econômico brasileiro e também a crise, o que nos fez enxergar as deficiências do mercado e apostar nas cidades médias e na interiorização do serviço”, explicou o presidente do grupo, Luiz Gonzaga de Luca. “Constatamos que não fazia sentido a população de Olinda, com poder aquisitivo e em desenvolvimento econômico, ter que se deslocar para assistir a um filme no Recife. No primeiro mês da operação, as salas tradicionais já mostram que há um potencial enorme para absorver a demanda da cidade”, celebra. 

Segundo pesquisas, a principal razão do consumidor para escolha do cinema é a proximidade de casa. “É questão de conveniência. Sem dúvida, a sala VIP oferece uma experiência mais completa. A gente busca aquela pessoa que já não vai mais ao cinema com tanta frequência”, explica Gonzaga. “Nós oferecemos um momento agradável, que vai desde a compra do tíquete até o final do programa, sem filas e com atendimento especial.”


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas