Cinema Cine Ceará: Curta-metragem pernambucano tem exibição em festival Produção dirigida por Leo Tabosa, filme tem Hermila Guedes e Marcélia Cartaxo no elenco

Por: Breno Pessoa

Publicado em: 09/08/2018 14:45 Atualizado em: 10/08/2018 13:45

Filme será exibido também no Festival de Gramado, ainda este mês. Foto: Cine Ceará/Divulgação
Filme será exibido também no Festival de Gramado, ainda este mês. Foto: Cine Ceará/Divulgação

Fortaleza - Depois de ser exibido na Mostra de Cinema de Tiradentes, em janeiro, o curta-metragem Nova Iorque, do pernambucano Leo Tabosa, segue circulando por festivais nacionais. Na quarta-feira (8), foi um dos destaques da mostra competitiva do Cine Ceará e, em breve, terá sessão também no Festival de Gramado, realizado de 16 a 25 de agosto, no Rio Grande do Sul.

Até agora uma das produções mais equilibradas, no aspecto técnico, entre os títulos exibidos na Mostra Competitiva de Curta-Metragem, Nova Iorque é uma narrativa delicada, ambientada no sertão de Pernambuco. Gravado em Serra Talhada, interior de Pernambuco, o filme acompanha o desenvolvimento da amizade entre um garoto (Juan Calado) e sua professora (Hermila Guedes), relação que se desenvolve após o menino ser deixado para trás pela mãe.

Além da bonita direção de arte e de fotografia, chama a atenção no filme a performance convicente e cativante do recifense Juan Calado. "É o primeiro trabalho dele no cinema", destaca o diretor sobre o ator mirim, que até então só havia participado de peças publicitárias. "Muito disciplinado", elogia Tabosa, acrescentando que o garoto sempre chegava ao set com o texto decorado.

*O repórter viajou a convite da organização do evento

 

 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas