LEITURA Professor da UFRPE lança livro sobre vida dedicada à docência Publicação 'Paulo de Moraes Marques: Memórias de um extensionista' será lançada na tarde desta quarta-feira no Campus Dois Irmãos da UFRPE

Por: Mabson Rodrigues - Diario de Pernambuco

Publicado em: 08/08/2018 09:31 Atualizado em: 08/08/2018 10:54

Professor Paulo de Moraes Marques, agrônomo e psicólogo
Foto: Paulo de Moraes Marques / Facebook
Professor Paulo de Moraes Marques, agrônomo e psicólogo Foto: Paulo de Moraes Marques / Facebook
Baseado na trajetória de vida do educador que ingressou na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) no final dos anos 1970 e dedicou mais de 20 anos à docência e à extensão universitária e rural, o livro Paulo de Moraes Marques: Memórias de um extensionista rural será lançado hoje. O evento será realizado às 16h no auditório da Biblioteca Setorial Prof. Manuel Correia de Andrade, no Campus Dois Irmãos da UFRPE. A obra é resultado de uma série de entrevistas feitas com o professor, que também é psicólogo e engenheiro agrônomo, hoje com 87 anos, e conta com depoimentos de alunos, docentes, sindicalistas, técnicos e motoristas, seus partícipes nas atividades, ratificando suas lembranças.

Para o professor, o livro é um marco na sua carreira, pois além de manter viva sua trajetória, vai contribuir para a construção de novos profissionais da área. “Foram muitos anos de atividades no campo e depois em sala de aula. É muito gratificante repassar o conhecimento obtido durante todo esse tempo e poder colaborar na formação das pessoas. Sem dúvidas, a troca de experiência é o principal. E é isso que o livro representa para mim, o conhecimento compartilhado”, afirma Paulo.

Formado em psicologia pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) e em Agronomia pela UFRPE, o recifense iniciou a carreira educacional após 20 anos de trabalho no campo e chegou a assumir a Pró-Reitoria de Atividades de Extensão da UFRPE de 1987 a 1990. Idealizada pela pesquisadora do Núcleo do Conhecimento da Biblioteca Central da UFRPE, Conceição Martins, a obra é o primeiro produto do Projeto Roda de Memória, que visa resgatar, preservar e socializar a história da universidade pernambucana. Para Conceição, a participação no projeto foi uma experiência enriquecedora. “Realizar um trabalho como este não é fácil, mas é muito satisfatório cooperar em algo tão importante e rico como esse livro, principalmente pelo valor do seu conteúdo.”

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas