seriado Produtores de Lost pedem desculpas a Evangeline Lilly publicamente A atriz admitiu ter sido forçada a gravar cenas de nudez na série que foram traumáticas para sua carreira

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 07/08/2018 14:30 Atualizado em: 07/08/2018 14:03

Evangeline Lilly participou da série Lost de 2004 a 2010. Foto: Arquivo/AFP/Photo
Evangeline Lilly participou da série Lost de 2004 a 2010. Foto: Arquivo/AFP/Photo

A atriz Evangeline Lilly recebeu um pedido formal de desculpas dos criadores e produtores executivos da série Lost,  J.J. Abrams, Damon Lindelof, Carlton Cuse e Jack Bender. No comunicado publicado pela revista People, a equipe reconhece o erro e pede desculpas à atriz, intérprete da personagem Kate Austen.

"A nossa resposta para os comentários de Evie na mídia foi de entrar em contato com ela imediatamente para pedir desculpas pela experiência que ela passou em Lost e detalhou na declaração. Ainda não conseguimos falar com ela, mas pedimos desculpas sinceras e profundas. Nenhuma pessoa deveria se sentir insegura no trabalho. Ponto", diz a resposta.

Evangeline declarou, durante entrevista para o podcast The Lost Boy, ter sido forçada a gravar cenas que envolviam nudez. "Na terceira temporada, tive uma experiência ruim no set de ser basicamente encurralada para fazer uma cena parcialmente nua, e senti que não tinha escolha se não realizá-la. Eu fiquei mortificada e tremia quando acabou. Eu estava chorando e tinha que fazer uma cena formidável e forte depois", admitiu a atriz.

Depois disso, ela precisou negar uma outra cena de nudez na série nas temporadas seguintes. Anos depois, ela recusa qualquer trabalho que envolva cenas sem roupa por não se sentir segura o suficiente para fazê-lo. Hoje, ela consegue ter controle da situação e ser mais assertiva nessas ocasiões, mas ressalta que atrizes mais jovens por vezes não têm a mesma escolha. "Eu tenho sorte, porque agora posso ser seletiva em relação a isso, mas as mulheres que estão começando a carreira nessa indústria não sabem como lidar com isso". 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas