Nesta quinta Carioca Daiana Rhister lança EP em Jaboatão dos Guararapes Ao todo, quatro canções integram o disco da morena de olhos castanhos, que possui referências dos tempos áureos da jovem guarda

Publicado em: 11/07/2018 13:34 Atualizado em: 11/07/2018 16:20

Além de cantora, Daiana Rhister é compositora e jornalista. Imagem: Youtube/Reprodução
Além de cantora, Daiana Rhister é compositora e jornalista. Imagem: Youtube/Reprodução

Nesta quinta-feira (12), o Bar e Restaurante Caricatura do Chicão, em Candeias, na Região Metropolitana do Recife, será palco para o lançamento do EP da cantora carioca Daiana Rhister, às 20h, com ingressos à vendo no local (RS10). Ao todo, quatro canções integram o disco da morena de olhos castanhos, que possui referências dos tempos áureos da jovem guarda. O disco foi gravado no município do Paulista, sob a direção musical do violonista olindense Isaac Sete Cordas. No projeto, que leva o seu nome, as melodias "Luz do Amanhecer"; "Eu Te Amo"; "Meu Verbo"; e "Razão do Meu Viver", contagiam os ouvintes e telespectadores, com a suavidade da voz feminina. 

Em todas as faixas, Daiana conta com as participações do percussionista Samuel Samucka, que atua na banda de Santana, além do baixista Charles Xavier, músico experiente dos palcos de Alceu Valença e Reginaldo Rossi.

“Meu Verbo” é um rock seiscentista, que conta com o apoio do trompetista Zildemar Félix, integrante da banda de Geraldo Azevedo e, também, da orquestra do Maestro Spok. Adiante, vem “Razão do Meu Viver”, onde Rhister, em harmonia com o piano de Beco Alves e outros instrumentos, leva o público a um clima romântico, lembrando-se de João Bosco, nos anos 80. Na terceira música, parte para um bolero: é “Luz do Amanhecer”, onde Isaac Sete Cordas destaca o violão num solo ao estilo do saudoso virtuose espanhol Paco de Lucia. E, por fim, a música “Eu te amo”, que remete a um baião moderno, cercada por uma letra de amor, percussão e pandeiro. 

BIOGRAFIA - Além de cantora, Daiana Rhister é compositora e jornalista. Por meio do show literário "Chá e Poesia", ingressou no mundo musical, com influências das décadas entre 60 e 90. Foi na cidade maravilhosa, como é conhecido o Rio de Janeiro, que Rhister começou sua trajetória artística, onde aulas de canto e violão, realizadas no Conservatório Jardim Guanabara e no Teatro Municipal Jornalista Tom Jobim, propuseram seu aperfeiçoamento na música.

Nestes 15 anos de carreira, Rhister já desenvolveu expressões do corpo e da voz, quando integrou o coral performático da Associação de Pessoal da Caixa Econômica Federal do Rio de Janeiro (APCEF/RJ), no circuito de coros de Cambuquira, em Minas Gerais, com regência do maestro Sérgio Menezes, direção cênica de Marco Aurélio Hamellin, e preparação vocal da ex-soprano Neti Szpilman.

JORNALISMO - Daiana tem formação pelo Centro Universitário Augusto Motta e, neste ramo, conquistou a publicação do artigo: “Os elementos visuais que valorizam a informação”, no Congresso Science and Education Research Council (COPEC), em Portugal.

SERVIÇO
Show da cantora carioca Daiana Rhister
Onde: Bar e Restaurante Caricatura do Chicão, Rua Antônio Carlos de Oliveira, nº 151, Candeias.
Quando: Quinta-feira 12 de julho, às 20h 
Ingressos: R$ 10


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas