Música Depois de 10 anos sem gravar, Rastapé volta com música Olha Aí A faixa vai fazer parte do EP que a banda vai lançar no segundo semestre

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 12/06/2018 18:37 Atualizado em:

O grupo Rastapé está junto desde 1999 (foto: Rastapé/Divulgação)
O grupo Rastapé está junto desde 1999 (foto: Rastapé/Divulgação)

O grupo de forró Rastapé lançou uma música depois de 10 anos sem divulgar canções inéditas. Na última sexta-feira (8), o grupo formado por Jorge Filho (cantor, compositor e músico), Seu Jorge (sanfona), Chiquinho (cordas) e Tico Tato Cruz (guitarra e violão) disponibilizou nas pataformas digitais o single Olha aí.

Além dos integrantes do Rastapé, Olha aí conta com a parceria de Mestrinho, no acordeon, o jovem que já dividiu palco com grande cantores da música brasileira, como Gilberto Gil, Jacob do Bandolim e Elba Ramalho. 

A nova canção foi composta por Jorge Filho e Tico Tato Cruz, que também faz parte do grupo Falamansa. A letra fala sobre uma pessoa apaixonada e o grupo canta: "Felicidade em qualquer lugar com você.../Felicidade é estar com você" 

Olha aí é a primeira música divulgada pela banda de forró que faz parte do EP que o grupo deve lançar no segundo semestre deste ano. O disco, ainda sem nome, vai ter quatro faixas, duas delas com participação de Jorge Filho e Tato.

Sobre o grupo Rastapé
 
Os integrantes se reuniram em 1999 na cidade de São Paulo. Adeptos ao forró pé-de-serra, eles ganharam notoriedade nacional, em 2000, quando lançaram a canção Colo de menina (composta por Jorge Filho) e então divulgaram o primeiro CD da carreira Fale comigo, que também inclui as faixas Luau em dunas, Xote swingado e O chineleiro/Vamos xamegar.

Em 2005, o grupo gravou o primeiro DVD da carreira Cantando a história do forró, o qual traz composições de Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Dominguinhos, Alceu Valença e Elba Ramalho, além dos grandes sucessos da banda Colo de menina, Namoro e Beijo roubado.

Ouça Olha aí:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas