• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Música Espetáculo resgata a magia da banda ABBA no Recife Argentinos exploram repertório, visual e personalidade do quarteto sueco no Mamma Mia - The Tribute Show

Por: Emannuel Bento - Diario de Pernambuco

Publicado em: 13/04/2018 10:03 Atualizado em:

Um quarteto de argentinos reproduz a formação vocal e instrumental do grupo. Foto: Bruno Alencastro/Divulgação
Um quarteto de argentinos reproduz a formação vocal e instrumental do grupo. Foto: Bruno Alencastro/Divulgação

Os primeiros segundos de execução da música Dancing queen são suficientes para que a canção seja reconhecida por ouvintes de diferentes idades, gêneros e nacionalidades. O single de maior sucesso do ABBA é o melhor exemplo do alcance que o grupo sueco obteve durante os anos 1970, quando foram protagonistas na difusão da música disco pelo mundo. Esse sucesso e muitos outros serão resgatados durante o ABBA Mamma Mia – The tribute show, apresentado nesta sexta-feira (13), às 21h30, no Teatro RioMar.

No palco, um quarteto de argentinos reproduz a formação vocal e instrumental do grupo, acompanhados por uma banda de apoio. Gwendolyne Moore canta os versos de Agnetha, enquanto Camila Ibarra fica com a parte de Frida. Na voz e na guitarra está Nicolás Salvador (como Björn) e nos vocais e pianos, Sergio Gutierrez (como Benny).

O repertório é repleto de canções que até hoje habitam o imaginário das pessoas quando se pensa em disco music. Money, money, money (1976), Chiquitita (1979), Fernando (1980), Gimme! Gimme! Gimme! (1980) e Mamma mia (1975) são alguns exemplos. Além do setlist, a apresentação revisita a imagem e a personalidade dos suecos, com trajes e indumentárias retrôs que irão transportar o público à atmosfera de glamour daquele período.

The tribute show chega ao Recife em uma data especial, já que o ABBA estaria completando 45 anos de carreira se ainda estivesse na ativa - Ring Ring, primeiro álbum do quarteto, foi lançado em março de 1973. A banda encerrou as atividades em 1982, quando os integrantes começaram a ser envolver em outros projetos - Agnetha e Frida seguiram em carreiras solo. Em entrevistas, os artistas repetiram, por diversas vezes, que jamais voltariam a se reunir novamente.

Desde então, o catálogo de músicas dos suecos é alvo de constantes homenagens e revisitações, a exemplo da peça teatral Mamma mia!, um musical que foi adaptado ao cinema em 2008 - com elenco composto por nomes como Meryl Streep e Amanda Seyfried. Em 2005, a norte-americana Madonna usou o instrumental marcante do início de Gimme! Gimme! Gimme! para o refrão de Hung up, que se tornaria uns dos maiores sucessos globais da música daquele ano.

SERVIÇO
ABBA Mamma Mia – The tribute show
Onde: Teatro RioMar (Avenida República do Líbano, 251, 4º piso do RioMar Shopping)
Quando: nesta sexta-feira (13), às 21h30
Quanto: R$ 160 (plateia baixa central), R$ 130 (plateia baixa lateral), R$ 120 (plateia alta) e R$ 100 (balcão nobre), à venda na bilheteria do local e na plataforma www.uhuu.com. Todas as opções possuem meia-entrada.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas