• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Música Pabllo Vittar rebate críticas que recebe pela sua voz: 'Se não gosta é só não ouvir' 'Eu amo a minha voz! Ela é fina, aguda, diferente. É com essa voz que faço sucesso', disse a drag queen em entrevista com Fernanda Souza

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 13/04/2018 09:51 Atualizado em:

Recentemente, drag queen lançou clipe de Indestrutível. Foto: YouTube/Reprodução
Recentemente, drag queen lançou clipe de Indestrutível. Foto: YouTube/Reprodução

A apresentadora Fernanda Souza recebeu a drag queen Pabllo Vittar no terceiro episódio do programa Vai Fernandinha, do Multishow, nesta quarta-feira (11). Durante a conversa, a cantora rebateu as críticas que recebe pela sua voz. "Dou muita risada quando dizem: 'Ela é linda, mas a voz é muito chata'. Eu amo a minha voz! Ela é fina, aguda, diferente. É com essa voz que faço sucesso, que subo no palco e canto. Então amores, podem continuar falando porque eu amo a minha voz. Se não gosta é só não ouvir".

A artista ainda aproveitou para falar sobre o processo de descoberta de identidade de gênero na sua infância. "Nunca tive conhecimento. Na escola não falavam disso, minha mãe também não. Tudo que vinha era dos meus amigos mais velhos, que viam na internet e na TV. Fui por muito tempo crossdesser, sempre amei usar saia, elementos femininos, brinco. Já fui andrógina na adolescência, gostava de transitar. Quando descobri o gênero fluído, falei ‘sou eu’, a coisa do feminino tomou conta de mim. Gosto do feminino, do masculino, gosto de transitar, ser, estar", afirmou Pabllo. "Eu gosto do meu corpo, eu me amo como sou. Não faria procedimento estético”, concluiu.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas