• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Exposição Exposição no Recife sobre mulheres com obras feitas por homens inflama debate na internet Internautas criticaram o fato de a mostra não ser unicamente concebida por mulheres

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 07/03/2018 18:44 Atualizado em: 07/03/2018 18:58

A apresentação faz parte da programação do shopping dedicada às mulheres. Foto: Facebook/Reprodução
A apresentação faz parte da programação do shopping dedicada às mulheres. Foto: Facebook/Reprodução


A mostra de arte planejada pelo Shopping Plaza para prestar tributo às mulheres no mês dedicado a elas provocou uma celeuma na internet. O incômodo manifestado em comentários tem como origem a participação masculina na exposição, criticada por quem considerava a iniciativa um espaço para exibir unicamente trabalhos artísticos concebidos sob autoria feminina. Exposta no hall de eventos do mall, Todas as mulheres do mundo conta com obras de dez artistas pernambucanos - metade homem - e se propunha a retratar o olhar sobre o universo feminino através da pintura de diversos manequins.

Siga o Viver no Instagram

"Exposição sobre mulher, mas com vários artistas homens. Detestei e não me senti representada", observou uma usuária do Facebook na caixa de comentários das fotos no perfil do centro de compras. "Lamentável isso. Até quando precisaremos de homens falando por nós, dizendo o que somos e o que não somos, ocupando lugares que poderiam ser de outras artistas nessa exposição?", observou outra postagem. Houve quem apoiasse a curadoria da mostra. "Amei a exposição sobre as mulheres. Muita criatividade desses artistas, voltarei para rever", afirmou uma mulher.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre 

"Realmente essa exposição sobre o mundo das mulheres representou em cheio o universo delas", disse outra. O debate acalorado em torno da mostra encontra sintonia com manifestações de anos recentes sobre a importância do ângulo feminino na representação da própria mulher e se relaciona com um conceito bastante utilizado atualmente, o lugar de fala - a relevância de eliminar a mediação para tratar do assunto e garantir a voz às minorias sub-representadas.

O material de divulgação da mostra enfatiza o caráter plural do projeto artístico, manifestado na tentativa de retratar mulheres negras, obesas, brancas, deficientes físicas, religiosas ou não. Relaciona, ainda, as técnicas usadas para projetar nos manequins a visão dos artistas escolhidos pela curadoria, também envolvidos na pintura da Cow Parade (vaquinhas adornadas e espalhadas pela cidade no fim do ano passado) e reunidos sob o epíteto de Grupo Galpão. Os materiais vão de tinta a óleo e grafite a produtos de colagens.

Procurada pela reportagem, a jornalista Germana Telles, coordenadora da exposição, disse que respeita a opinião das pessoas sobre a escolha dos artistas homens, mas que "elas devem entender a proposta antes de criticar". "O projeto foi idealizado por mim, uma mulher. E eu tive a ideia de convidar homens e mulheres, de um coletivo que já existia, pensando na luta das mulheres por igualdade, mas respeitando as diferenças. O resultado ficou muito bonito com o tratamento e o respeito que eles tiveram pelas mulheres e pela luta feminina", disse Germana.

Por meio de sua assessoria de imprensa, o Shopping Plaza se pronunciou sobre a discussão:

"O Plaza Shopping sempre teve preocupação com a causa feminina e tem dedicado o mês de março, em sua programação, à reflexão sobre a mulher, sobre suas conquistas, as barreiras que ainda enfrenta na sociedade, e acredita que o tema deve ser exposto e discutido por todos, independentemente do gênero. A exposição “Todas as Mulheres do Mundo” retrata a diversidade feminina. A exposição em tela 3D foi idealizada pela jornalista Germana Teles, e sugerida a artista plástica Ana Blue, do Grupo Galpão, que assina a coordenação da exposição. O Grupo Galpão é composto por artistas de ambos os gêneros que desejaram homenagear as mulheres através da criação de obras de arte."

Acompanhe o Viver no Facebook: 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas