• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Cinema Filho de Gary Oldman diz que mãe mentiu ao acusar seu pai de agressão O jovem escreveu uma carta aberta em defesa do ator, que venceu o Oscar no domingo, e afirmou que 'tem sido perturbador e dolorido assistir a essas falsas acusações sendo escritas de novo'

Por: Estado de Minas

Publicado em: 07/03/2018 16:57 Atualizado em: 07/03/2018 19:13

Gary Oldman recebeu o Oscar de Melhor Ator por O Destino de Uma Nação. Foto: Angela Weiss/AFP
Gary Oldman recebeu o Oscar de Melhor Ator por O Destino de Uma Nação. Foto: Angela Weiss/AFP


Gulliver Flynn Oldman, de 20 anos, filho do ator Gary Oldman e Donya Fiorentino, escreveu uma "carta aberta" em defesa do pai, na qual afirma que sua mãe mentiu ao acusá-lo de agressão. Donya afirmou que ele a agrediu com o telefone, na frente dos filhos (Gulliver e seu irmão Charlie) quando ela tentava ligar para pedir ajuda e se defender da violência do marido. Na justiça, Oldman obteve a guarda total dos filhos após o episódio.

Siga o Viver no Instagram

Após o ator ser premiado com o Oscar por sua interpretação do premiê britânico Winston Churchill no longa O destino de uma nação, no domingo (4), Donya protestou "parabenizando" Oldman e a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood por "premiar não um, mas dois abusadores". Ela se referia também ao jogador Kobe Bryant. Em sua carta aberta, Gulliver se refere ao pai como seu "único herói" e "único e verdadeiro farol". "Tem sido perturbador e dolorido assistir a essas falsas acusações contra meu pai sendo escritas de novo, especialmente porque isso ficou esclarecido anos atrás", escreve Gulliver.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre 

Ele descreve a mãe como "uma pessoa triste e problemática a maior parte de sua vida" e afirma: "Essa mentira, todas as mentiras dela, coisas que ela perpetuou como a 'sua verdade', trouxeram tanta dor e dificuldade para o meu pai e para todos nós da família". Por fim, o filho de Oldman diz que quer "proteger a personalidade" do pai "como pessoa e como ator" e pede que as pessoas parem de "repetir, compartilhar e acreditar em mentiras".

Acompanhe o Viver no Facebook: 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas