• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Capoeira Mestre Sapo, ícone da capoeira em Pernambuco, é encontrado morto Humberto Ferreira de Mendonça já estava sem vida quando alunos chegaram para treinar na academia que ele mantinha, em Olinda

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 01/03/2018 09:06 Atualizado em: 01/03/2018 09:48

Aos 60 anos, Mestre Sapo foi responsável por introduzir a capoeira Angola no estado. Foto: Facebook/Reprodução
Aos 60 anos, Mestre Sapo foi responsável por introduzir a capoeira Angola no estado. Foto: Facebook/Reprodução

Faleceu, na noite desta quarta-feira (27), o Mestre Sapo, precursor da capoeira Angola em Pernambuco. Ele foi encontrado já sem vida pelos alunos que chegaram para treino na Academia de Capoeira Angola, mantida por ele em Olinda, por volta das 18h30. A causa da morte ainda está sendo investigada e o corpo aguarda exames no Instituto de Medicina Legal (IML). 

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

Humberto Ferreira de Mendonça, de 60 anos, tinha três filhos. Uma delas mora na Alemanha e chegará ao Brasil apenas na noite desta quinta-feira (1º), quando será realizado um velório na academia que administrava. De acordo com Luciana Cavalcanti, ex-esposa do mestre, a cerimônia contará com homenagens e a presença de diversos capoeiristas. O enterro está marcado para a manhã desta sexta-feira (2), mas o cemitério e o horário do sepultamento ainda estão sendo acertados pela família. 

"Ele era um ícone. Trouxe a capoeira Angola para a Pernambuco, sempre lutou por ela. Infelizmente, nunca foi reconhecido como patrimônio vivo, apesar de várias tentativas. A luta dele era manter a capoeira Angola viva, tanto é que há pouco inaugurou o Micape (Museu Indepentende da Capoeira Angola em Pernambuco) sem o apoio de ninguém. A grande revolta dele era que os órgãos competentes que deveriam dar apoio nunca deram", lamentou Luciana. 

Acompanhe o Viver no Facebook: 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas