• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Artes cênicas Figurinista da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, Victor Moreira ganha livro sobre sua trajetória Escrita pelo professor de teatro da UFPE Marcondes Lima, publicação será lançada nesta quarta no Museu do Estado

Por: Isabelle Barros

Publicado em: 28/02/2018 15:00 Atualizado em: 28/02/2018 17:53

Victor Moreira, de 84 anos, é um workaholic da moda: passou pela estamparia, figurino, cenografia, escreveu em jornais e participou de programas de TV falando sobre o tema. Crédito: Shilton Araújo/Divulgação
Victor Moreira, de 84 anos, é um workaholic da moda: passou pela estamparia, figurino, cenografia, escreveu em jornais e participou de programas de TV falando sobre o tema. Crédito: Shilton Araújo/Divulgação

O apuro estético, somado à habilidade no desenho, levaram o figurinista e designer de moda Victor Moreira, de 84 anos, a ocupar um espaço peculiar na cultura pernambucana. Embora suas criações tenham sido vistas - e vestidas - por milhares de pessoas, seu trabalho nos bastidores merece ser melhor conhecido e sua atuação na TV e como colaborador de jornais, relembrada. Seu legado como pensador da moda é resgatado pelo professor do departamento de Teatro da UFPE Marcondes Lima, autor do livro A arte de Victor Moreira, que traz as principais passagens de uma longa e prolífica carreira de mais de seis décadas. O lançamento está marcado para esta quarta, às 19h, no Museu do Estado de Pernambuco.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre


A pesquisa para o livro, publicado pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) levou cerca de seis meses. No entanto, ambos se conheciam há cerca de oito anos. “Me identifiquei com ele desde a primeira vez que o vi. Na época, já usava desenhos dele como referência das aulas de indumentária na universidade. Tive dificuldade para fazer a arquitetura da informação do livro, pois o acervo dele é gigantesco e me vi na missão nada agradável de reduzir a vida de uma pessoa a 172 páginas. Ele tem um grande cuidado com a memória. A dele, aliás, é invejável”. Consciente da importância de seu trabalho, o próprio Victor guarda em sua casa um arquivo com os mais variados registros de sua carreira. A própria edição da obra, incentivada pelo Funcultura, é um movimento para tornar sua trajetória mais acessível para um público mais amplo.

Além de figurinista e criador de estampas, Victor idealizou cenários, inclusive para o Teatro de Amadores de Pernambuco (TAP), fez programas de TV e também foi colaborador de jornais. Tendo a moda como ofício, atuou na interface entre arte e indústria, trabalhando tanto para fábricas quanto para a Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, onde seu talento se fez notar desde os anos iniciais, quando o espetáculo ainda se chamava Drama do Calvário e era encenado pelas ruas de Fazenda Nova. “Victor foi um dos que incentivou Plínio a fazer o teatro ao ar livre. Na época, o figurinista morava em São Paulo, mas mandava livros, ajudava na parte bibliográfica”. Moreira ainda faz parte da equipe de figurino da Paixão, agora em parceria com Marina Pacheco, neta de Diva e Plínio Pacheco.

Ex-aluno de odontologia, Victor começou na moda por acaso, ao realizar, junto com sua turma, um desfile de moda para ajudar a arrecadar donativos para vítimas das chuvas. O sucesso do evento o fez deixar de lado sua formação para se tornar um workaholic da moda. “Ele sempre teve um olhar muito arrojado, além de seu tempo. Sua preocupação com a pesquisa histórica é muito grande. Ele tem um pensamento de designer, de solucionar, resolver problemas”. De acordo com Marcondes, a publicação do livro também traz luz a um aspecto menos conhecido da produção de Victor: a estamparia, justamente seu trabalho inicial na moda. “Para se ter uma ideia, digitalizei 300 imagens só de estampas e entraram 30 no livro. Hoje em dia não há fábricas de tecido como quando ele era jovem. Esse foco merece até um livro em particular”, aponta Marcondes.

SERVIÇO

Lançamento do livro A arte de Victor Moreira, de Marcondes Lima
Quando: Quarta (28), às 19h
Onde: Museu do Estado - Avenida Rui Barbosa, 960, Graças
Preço: R$ 25 (livro físico) e R$ 8 (ebook)
Informações: 3184-3170

Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas