• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
TV Deus Salve o Rei: Amália recupera a memória e grita pelo nome de Afonso, no momento em que ele começa a luta.. Confira o resumo desta quarta-feira Virgílio troca a proteção da lança de Afonso para prejudicá-lo

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 28/02/2018 05:00 Atualizado em: 28/02/2018 06:29

Amália desperta ao ser encontrada por Tiago e Virgílio perto da cabana na floresta. Foto: Globo/Reprodução
Amália desperta ao ser encontrada por Tiago e Virgílio perto da cabana na floresta. Foto: Globo/Reprodução

Quarta-feira
A vitória de Rodolfo é pouco ovacionada pelas pessoas da plateia. Amália desperta ao ser encontrada por Tiago e Virgílio perto da cabana na floresta. Tiago diz à irmã que ela passou a lua de mel com Afonso na cabana. Brice avisa a Virgílio que ele tem pouco tempo para impedir que Amália recupere a memória. Tiago vence Selena. Cássio se fere na disputa e Afonso decide substituí-lo como representante de Montemor. Samara deixa a casa de Constância e Martinho com Levi. Virgílio troca a proteção da lança de Afonso para prejudicá-lo. Amália recupera a memória e grita pelo nome de Afonso, no momento em que ele começa a luta.
 
Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

Quinta-feira
Afonso vence a luta. Amália corre ao encontro de Afonso e o beija, mostrando que resgatou sua memória. Levi nota que Samara está triste por causa de Afonso. Amália perde perdão a Afonso. Augusto convence os soberanos de Cália a não apoiarem a inundação da aldeia dos Eranitas. Rodolfo acusa Augusto de manipular os reis contra ele. Virgílio ofende Amália e Afonso a defende. Brice avisa a Virgílio que sua história com Amália ainda não terminou. Um arqueiro mira Augusto durante sua apresentação de teatro e acerta o rei de Artena.

Sexta-feira
Demétrio pede a Afonso que descubra quem atentou contra Augusto. Catarina acusa Rodolfo de ter mandado matar seu pai. Samara garante a Amália que Afonso jamais desistiu dela. Afonso sugere que Rodolfo permaneça em Artena até o final das investigações, para não levantar falsas suspeitas. Cássio avisa a Rodolfo que a saída dele de Artena pode ser interpretada como uma fuga. Catarina destitui Afonso do cargo e o acusa de ser incapaz de garantir a segurança do rei. Afonso diz a Amália que seguirá com as investigações por conta própria. Demétrio encontra a arma que feriu Augusto e constata que pertence ao exército de Montemor.
 
Sábado
Demétrio fica alarmado com a convicção de Catarina de que o atentado foi encomendado pelo reino de Montemor. Catarina restringe a entrada de pessoas no quarto de Augusto somente aos médicos e avisa a Demétrio que ele tratará os assuntos do reino com ela. Betânia incentiva Ulisses a não dar importância à opinião de Romero. Catarina nomeia Rômulo o novo chefe do exército de Artena. Demétrio teme uma guerra entre Artena e Montemor. Catarina manda cortar o fornecimento de água a Montemor. Afonso tenta convencer Rodolfo a conversar com Catarina. Tiago avisa à família que foi convocado para o exército. Saulo anuncia que o reino ordenou que todos ficassem de prontidão para a guerra. Afonso diz a Demétrio que só Augusto pode evitar o confronto entre Artena e Montemor. Rodolfo declara guerra a Artena.

Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas