• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Roteiro Semana da Mulher no Recife terá programação com shows gratuitos e espetáculos Música, teatro, dança, cinema e outras manifestações artísticas estão no roteiro da Semana Arte Mulher

Por: Emília Prado

Publicado em: 27/02/2018 14:00 Atualizado em: 27/02/2018 14:55

Espetáculo "Conceição" foi reformatado com elenco inteiro feminino. Foto: Grupo Experimental/Divulgação
Espetáculo "Conceição" foi reformatado com elenco inteiro feminino. Foto: Grupo Experimental/Divulgação


Com um formato bastante diferente da primeira edição, em 2015, a Semana Arte Mulher acontece entre os dias 5 e 11 de março este ano. A programação se descentraliza e ocupa cinco pontos na cidade, o Cinema São Luiz (Rua da Aurora, 175, Recife Antigo) será o Polo Audiovisual; o Complexo Centro Apolo-Hermilo (Cais do Apolo, s/n, Bairro do Recife); Polo de Todas as Artes, no Morro da Conceição; Polo Compaz, no Alto Santa Terezinha e o Parque da Jaqueira (entre a Rua do Futuro e a Avenida Rui Barbosa, Graças), escolhido como Polo Infantil do Festival.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

O Polo Audiovisual receberá interação de estudantes da rede pública, que assistirão os vídeos e participarão dos debates e palestras. Entre documentários, curtas e animações, todos são produzidos ou dirigidos por mulheres e a maioria aborda os desafios da vida feminina cotidiana. A cineasta pernembucana Katia Mesel será homenageada por seus 50 anos de carreira no cinema. Os filmes serão exibidos entre a segunda e a sexta-feira, às 8h e 10h.

O roteiro musical traz Elas cantam Rossi, que estreou no Janeiro de Grandes Espetáculos, assim como A Dita Curva, coletivo de artistas mulheres pernambucanas que se juntou em busca de ganhar mais voz. "Percebemos que nos unir é uma forma de falar mais alto", conta a poeta e atriz Luna Vitrolira, que participa do espetáculo com outras nove mulheres no palco e mais de 20 na equipe. Adriana B canta na sexta (9) composições dos anos 1920 até 2017 que falam sobre mulheres. Bartira Fortes vem de Minas Gerais para lecionar uma oficina de Ativismo Sonoro na quarta e quinta-feira (7 e 8) e no dia seguinte apresenta no palco do Teatro Hermilo Borba Filho seu show, construído em parte pelo que foi trabalhado na oficina e aborda, entre outros temas, a representatividade da mulher na política.

Trabalhos de dança inéditos compõem o programa do Centro Apolo-Hermilo e Morro da Conceição. Em Performance Da Pele a poesia de Luna Vitrolira é dançada em uma apresentação que se direciona a partir do improviso. O espetáculo Conceição, do Grupo Experimental, completou 10 anos em 2017, mas foi remontado e será apresentado em uma versão apenas com mulheres na noite da sexta-feira (9). O Coletivo Rua das Vadias, formado por cinco bailarinas, se apresenta pela primeira vez em um espaço de teatro no último dia da Semana, no Complexo Centro Apolo-Hermilo.

O Festival leva ao Compaz Alto Santa Terezinha produções de audiovisual, circo, dança e oficina de artesanato. No Parque da Jaqueira se concentram as apresentações direcionadas ao público infantil no sábado e domingo (10 e 11), últimos dias da SAM. Música, teatro com bonecas e contação de histórias estão no roteiro infantil.

Toda a programação é gratuita, exceto os espetáculos Soledad - A Terra é Fogo sob Nossos Pés, Casa das Abelhas e os shows A Dita Curva e da cantora Bartira Fortes, que custam R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada), à venda no Centro Apolo-Hermilo a partir do dia 6 de março, das 9h às 16h.

Confira a programação completa no site www.semanaartemulher.com

Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas