• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Machismo Band acaba com programa que constrangeu musa com trocadilhos sexuais Emissora tomou decisão após repercussão negativa nas redes sociais

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 22/02/2018 16:57 Atualizado em: 22/02/2018 17:04

Após grande repercussão negativa nas redes sociais do quadro "Desafio das Musas", exibido no programa Os Donos da Bola, de Goiás, a TV Band decidiu tirar o pograma do ar. "Pedimos desculpas por quaisquer constrangimentos causados, e como prova de que não compactuamos com o conteúdo veiculado, nem qualquer tipo de discriminação, a emissora decide desde já pela RETIRADA do programa do ar”, diz o comunicado oficial, publicado no Facebook da emissora. Confira a nota oficial:


Exibido nesta quata-feira (21), o quadro, apresentado por Beto Brasil, teve perguntas feitas à torcedora Karol Barbosa, musa do Goiás, com teor sexual. Algumas das indagações foram: "Em um clássico contra o Vila, se o juiz põe pra fora, você mete a boca?", "Se o seu nutricionista mandar você chupar uma laranja porque faz muito bem para a saúde, você chuparia um saco por dia?"e “para uma musa não sofrer dores localizadas, é importante o médico colocar compressa?”. Visivelmente incomodada, Karol respondeu às perguntas com frases como "essa frase ficou ruim" ou "acho que não tem necessidade".

Karol Barbosa se mostrou desconfortável com as perguntas. Foto: TV Goiânia/Reprodução
Karol Barbosa se mostrou desconfortável com as perguntas. Foto: TV Goiânia/Reprodução

No Twitter, a conta oficial do Goiás se manifestou contra o constrangimento sofrido pela musa: "No último sábado o Goiás Esporte Clube apoiou o 1° Seminário de Mulheres Esmeraldinas. Reiteramos o total repúdio ao constrangimento causado a nossa Musa Karol Barbosa, no programa Os Donos da Bola. Medidas serão tomadas nos próximos dias".

Em entrevista ao Uol, o coordenador do núcleo artístico Leandro Vieira disse que não entendeu porque o clube ficou tão nervoso. "É um programa descontraído, tem um tom humorístico. A gente não está fazendo algo para contribuir com a discriminação de mulheres, jamais. Não tem nada a ver com isso, é um quadro de humor", contou. O canal também defendeu a atração e afirmou que repetirá o quadro com musas de outros times.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas