• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Celebridades Polícia vai investigar vazamento de imagens de Dado Dolabela na cadeia mostradas pelo SBT Ator está preso desde 5 de fevereiro pelo não pagamento de pensão alimentícia

Por: Estado de Minas

Publicado em: 22/02/2018 14:32 Atualizado em:

O ator deve cerca de R$ 196 mil de pensão alimentícia a Fabiana Vasconcelos Neves. Foto: SBT/Reprodução
O ator deve cerca de R$ 196 mil de pensão alimentícia a Fabiana Vasconcelos Neves. Foto: SBT/Reprodução

Preso desde o último dia 5, o ator Dado Dolabella foi fotografado na cadeia. As imagens foram divulgadas nesta quarta-feira (21) pelo programa Fofocalizando, do SBT. Na imagem, o ator, que está preso por deixar de pagar pensão alimentícia ao filho de oito anos, aparece sem camisa e torcendo uma peça de roupa na mão. Nesta quinta-feira (22), a polícia afirmou que vai investigar o vazamento. A informação é de Fernando Oliveira, do Agora São Paulo. Após entrar em contato com a assessoria da polícia de São Paulo, o Viver aguarda respostas sobre o caso.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre 

Dado foi preso em Moema, bairro nobre na Zona Sul de São Paulo. No momento da prisão, o ator não ofereceu resistência. Inicialmente, ele foi levado para o 5° Distrito Policial. Depois, encaminhado para o 33° Distrito Policial, localizado em Pirituba, na Zona Norte, onde as imagens teriam sido registradas. O local é destinado a presos por não pagar pensão.

De acordo com a polícia, o ator deve cerca de R$ 196 mil de pensão alimentícia a Fabiana Vasconcelos Neves, com quem tem um filho de oito anos de idade. "Esse valor da pensão está errado, é um valor que eu não recebo mais. Eu queria poder dar mais pro meu filho. Que pai não quer ajudar o filho a crescer?", disse Dado. Essa é a segunda vez que Dado Dolabella é preso. A primeira detenção ocorreu em agosto de 2017, pelo mesmo motivo. À época, o ator conseguiu uma liminar para não ficar na cadeia.

Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas