• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Roteiro Carnaval 2018: MC Tocha é atração da primeira noite do Rec-Beat MC pernambucano é o primeiro representante do brega funk a tocar no festival e enfatiza: "É só o começo"

Por: Emília Prado

Publicado em: 10/02/2018 11:00 Atualizado em: 10/02/2018 12:36

O MC acredita que, assim como o Mangue Beat, o brega funk ganhará mais espaço com o passar do tempo. Foto: Peu Ricardo/DP
O MC acredita que, assim como o Mangue Beat, o brega funk ganhará mais espaço com o passar do tempo. Foto: Peu Ricardo/DP

A 23ª edição do Festival Independente Rec-Beat acontece entre os dias 10 e 13 de fevereiro no Cais da Alfândega. Diverso e gratuito, o line-up oferece atrações de todas as partes do país e do mundo. Novos nomes como Arrete e Xenia França subirão ao palco este ano, assim como artistas consagrados, a exemplo de Otto, Johnny Hooker e Erasmo Carlos.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

 

Depois de mais de uma década sendo tocado nas festas e bailes recifenses, sobretudo da periferia, o brega funk ganha espaço na programação do festival alternativo. Emerson da Silva Ferreira, o MC Tocha, ficou surpreso quando recebeu o convite da produção. “A gente vêm trabalhando durante esses anos para isso mesmo, para ocupar outros espaços, mas mesmo assim me surpreendi. Já conhecia o festival e fiquei feliz em receber o convite”, lembra o MC.

 

Sobre o lapso em palcos mais visíveis, como os dos polos centrais do carnaval, o cantor vislumbra mudanças para o ritmo recifense. “Este é só o começo”, enfatiza Tocha, “em algum momento as coisas vão começar a mudar. Foi assim com o Mangue Beat e é como costuma ser com os estilos que surgem aqui, as pessoas da própria cidade não valorizam”.

 

O brega funk carrega o estigma de ser um estilo inferior por ter surgido e obtido força na periferia. Com uma agenda com em média dez shows por semana, Tocha vive o crescimento do ritmo em Pernambuco. Troia, Dadá, Thayara Andreza e Sheldon são outros nomes que compõem o cenário do brega funk.

 

MC Tocha confirmou recentemente uma parceria com o grupo baiano ÀTTØØXXÁ, que tocou no palco do Rec-Beat em 2017, no mesmo dia e horário que Tocha canta este ano. “A música fala de povão, calor, dança e mulher. Mistura o meu estilo e o deles”, adianta o MC.

 

Além do pernambucano, última atração da noite, o primeiro dia do festival conta com o DJ IPEK (Alemanha/Turquia), Ana Muller (ES), Daniel Peixoto (CE) e Diomedes Chinaski & Luiz Lins (PE). O DJ Rafoso Seletor, de Pernambuco, toca nos intervalos entre as bandas.

Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas