• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Música Quincy Jones acusa Michael Jackson de plágio na música Billie Jean Além de criticar o rei do pop, o produtor também opinou sobre a música atual da banda U2

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 08/02/2018 17:27 Atualizado em:

O compositor e produtor é conhecido por falar abertamente sobre o mundo da música. Foto: Danny Moloshok/Divulgação
O compositor e produtor é conhecido por falar abertamente sobre o mundo da música. Foto: Danny Moloshok/Divulgação

Quincy Jones é um conhecido compositor e produtor norte-americano. Célebre pelas parcerias com grandes artistas como Michael Jackson, em uma entrevista recente ao site Vulture, o produtor acusou o rei de pop de ter plagiado a música State of independence da rainha da disco music, Donna Summer. Segundo ele, o grande sucesso Billie Jean é um plágio da música de Donna Summer. As duas canções foram igualmente produzidas por Jones, sendo que State of independence foi lançada poucos meses antes do hit de Michael.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre 

Apesar de não apresentar tantas semelhanças, Quincy afirma que Michael plagiou não só essa, mas várias outras canções. "Odeio dizer isso em público, mas Michael roubou muitas coisas. Ele roubou muitas canções", disse Jones durante a entrevista. Polêmico, o produtor ainda relatou que Michael também foi mesquinho ao não incluir o nome do tecladista Greg Phillinganes na canção Don't stop 'til you get enough. "Ele devia ter dado uma porcentagem de dez por cento para ele. Mas não o fez", afirmou ele.

Jones foi um dos produtores musicais que mais trabalharam com Michael Jackson. Entre as obras feitas em parceria com o rei do pop, estão os álbuns All the wall, Thriller e Bad, grandes sucessos da carreira de Michael. Ao ser perguntado sobre a qualidade atual das músicas da banda irlandesa U2, Quincy também não poupou críticas. "Eu amo Bono com todo o meu coração, mas existe muita pressão sobre a banda", disse.

Compare as duas músicas:
 




Acompanhe o Viver no Facebook: 

  


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas