Música Organização do Grammy promete contemplar questões de gênero após reclamações de artistas Cantoras como Katy Perry e P!nk se pronunciaram contra declarações do presidente da Academia

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 02/02/2018 09:27 Atualizado em:

Kesha (centro) se juntou a outras cantoras para apresentação na cerimônia. Foto: Timothy A. Clary/AFP
Kesha (centro) se juntou a outras cantoras para apresentação na cerimônia. Foto: Timothy A. Clary/AFP

A organização do Grammy se comprometeu a se empenhar ainda mais para superar a desigualdade de gênero depois que artistas expressaram a indignação pela ausência de prêmios para mulheres e pelos controversos comentários do diretor da organização. A Recording Academy, formada por 13 mil músicos profissionais que votaram nos troféus mais prestigiados da indústria, disse que está organizando uma comissão independente para examinar o papel de gênero na premiação.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

O painel "analisará todos os aspectos do que fazemos como organização e identificamos onde podemos fazer mais para superar barreiras explícitas e inclinações inconscientes que impedem o avanço das mulheres na comunidade musical", afirmou o presidente e diretor executivo da Academia Neil Portnow, em um comunicado. Portnow, o produtor musical que dirige a Recording Academy desde 2002, gerou indignação ao tentar explicar à imprensa, logo após a cerimônia, como as mulheres poderiam ganhar mais prêmios.

"Eu acho que você tem que começar com as mulheres que têm criatividade em seus corações e em sua alma, que querem ser artistas ... dê um passo à frente, porque eu acho isso será bem-vindo", disse ele. As cantoras do pop Katy Perry e P!nk criticaram as declarações de Portnow. "As mulheres na música não precisam 'dar um passo à frente', as mulheres têm avançado desde o início dos tempos", disse P!nk, que participou da cerimônia do Grammy.

Acompanhe o Viver no Facebook: 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas