• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
TV Jorge Pontual, da Globo, diz que tomou medicação errada para depressão por 40 anos 'Agora que eu estou tomando o antidepressivo certo, minha vida mudou', revelou o jornalista

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 31/01/2018 21:38 Atualizado em: 31/01/2018 22:02

Pontual é correspondente da Globo em Nova York. Foto: Globo/Reprodução
Pontual é correspondente da Globo em Nova York. Foto: Globo/Reprodução

O jornalista Jorge Pontual, conhecida por ser correpondente da Globo em Nova York, nos EUA, revelou que passou quatro décadas tomando remédios errados contra a depressão. A descoberta se deu após um teste que oferece detalhes sobre genes ligados a transtornos mentais. "O resultado do teste veio com a lista dos antidepressivos que não funcionam para mim, e eram justamente aqueles que tomei durante décadas", disse. A declaração foi feita nesta quarta-feira (31) durante o programa Bem estar, exibido na emissora carioca pela manhã. 

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre 

O comunicador abriu o jogo em uma entrevista com seu psiquiatra, o norte-americano Samuel Sharmat. Ele afirmou sofrer de depressão há quase 40 anos, mas só descobriu as medicações corretas recentemente. "O teste genético que dá ao psiquiatra um perfil detalhado de 18 genes ligados à saúde mental. (...) Agora eu estou no caminho certo", explicou.

"A boa notícia é que veio também a lista dos antidepressivos que funcionam, e ela é bem mais longa. Agora que eu estou tomando o metilfolato e o antidepressivo certo, minha vida mudou, meu humor ficou estável, sem aqueles altos e baixos, em geral mais baixos do que altos, de antes. A depressão ficou sob controle", disse na atração matinal. Durante a carreira na Globo, o jornalista fez coberturas memoráveis, como o do atentado ao World Trade Center, em 11 de Setembro de 2001, e a renúncia de Richard Nixon, ex-presidente dos Estados Unidos.

Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas