• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Música 'Não ligo para fama nem dinheiro', diz MC pernambucana após comentário de Anitta e Felipe Neto MC Loma, de 15 anos, é a intérprete de Envolvimento, viral que é uma das apostas para o carnaval de 2018

Por: Emannuel Bento - Diario de Pernambuco

Publicado em: 30/01/2018 08:05 Atualizado em: 05/02/2018 10:39

Roberta Silva Santos mora em Jaboatão dos Guararapes. Foto: Instagram/Reprodução
Roberta Silva Santos mora em Jaboatão dos Guararapes. Foto: Instagram/Reprodução

Gravado dentro de um guarda-roupa, com o microfone de um celular e um instrumental encontrado no YouTube. Esse foi o processo caseiro da produção de Meu ritmo, música responsável por tornar a pernambucana MC Loma, de 15 anos, o mais novo viral da internet. A repercussão que a canção de apenas um minuto ganhou na internet estimulou a criação de um sucesso ainda mais estrondoso: Envolvimento, cujo vídeo acumula quase dois milhões de visualizações no YouTube. O trabalho, comentado até mesmo por Anitta, foi fruto de uma brincadeira entre amigas.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre


Com uma voz robotizada pelo abuso do auto-tune - programa utilizado para editar a voz -, Loma canta por cima de batidas típicas do brega funk local. "Esse hit é chiclete na sua mente vai ficar", diz o refrão. O potencial "envolvente" da música é tamanho que foi comprovado até mesmo por Felipe Neto, um dos youtubers mais populares do país e o grande responsável por alavancar a popularidade da MC para além do estado. Ele chegou a decretar o sucesso como "o hit do carnaval": "É genial, ela é genial. Você vai ver. Kondzilla vai contratar no ato".

Em entrevista ao Viver, Paloma Roberta Silva Santos - nome real da adolescente - revelou que não esperava tanta repercussão: "Para falar a verdade, eu nem ligo muito para isso, só estou fazendo para me divertir com minhas amigas". As amigas em questão são Mirella e Mariely Santos, irmãs gêmeas responsáveis por compor as canções de Loma, além de atuarem como dançarinas nos vídeos. "Se eu estiver em um lugar e não puder estar com elas, eu nem vou. Não ligo para a fama, nem para o dinheiro. Só queremos nos divertir", conta a MC.

Shows
Devido ao sucesso repentino, a moradora do bairro de Prazeres, no município de Jaboatão dos Guararapes, revela já estar sendo abordada por pessoas na rua: “Muita gente pede para tirar foto. Até autógrafos já estou dando”. Ela também está recebendo propostas para shows. Para isso, passou a ser gerenciada pelo tio, Ricardo, que já possui certa experiência no ramo. A primeira apresentação foi realizada no último sábado (27), durante o Bloco do Troinha, no Ibiza Club, bairro da Madalena. A segunda está agendada para este sábado (3), no Club Metrópole, bairro da Boa Vista. De acordo com a jovem, já existem convites para shows fora do estado. Apesar de ser menor de idade, ela afirma possuir apoio legal dos pais, que "estarão presentes em todos os shows".

Referências
Tendo como cenário o bairro em que vive, os clipes de Loma são extensões do viés caseiro de suas músicas. As produções contam com filmagens amadoras, maquiagens exóticas e coreografias improvisadas, quase como paródias dos videoclipes do pop mainstream que a adolescente consome. "Minha inspiração é a Anitta. Falam que pareço muito com ela antes da fama", diz a MC, se enxergando na carioca de Honório Gurgel que hoje é a principal pop star do país. Ela também afirma admirar Lady Gaga - talvez daí venha a excentricidade de suas maquiagens. Seu próximo lançamento, chamado Se concentra, contará com os vocais das gêmeas pela primeira vez. "Vai ser tipo Fifth Harmony", explica, fazendo paralelo com a girl band norte-americana. Questionada até quando continuará se aventurando pelo YouTube, ela é simples e direta: "Até quando der".

Assista ao clipe de Meu ritmo:



Assista ao clipe de Envolvimento:



Acompanhe o Viver no Facebook:




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas